sicnot

Perfil

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit

Rajoy expressa tristeza com saída do Reino Unido da UE

O presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, afirmou hoje que o seu executivo "toma nota com tristeza" da decisão dos britânicos pela saída do país da União Europeia e deixou uma mensagem de serenidade e tranquilidade aos espanhóis.

ANGEL DIAZ / EPA

Rajoy falou aos jornalistas minutos depois de o primeiro-ministro britânico, David Cameron, ter anunciado a intenção de se demitir em outubro, na sequência do resultado do referendo de quarta-feira.

O chefe do executivo espanhol em funções explicou que o processo de saída do Reino Unido da EU demorará pelo menos dois anos após a notificação oficial.

Rajoy referiu ainda que, ao contrário do poderia ter acontecido há uns anos, a Espanha tem agora grande parte das suas necessidades financeiras cobertas e um sistema que permitirá ao país enfrentar em condições de solidez eventuais turbulências na sequência do 'Brexit'.

"Não são momentos para alimentar ou acrescentar incertezas", disse, garantindo que Espanha vai defender os direitos dos seus cidadãos.

Rajoy disse ainda que, qualquer que seja o resultado das eleições legislativas em Espanha, no próximo domingo, representará o interesse da maioria, defenderá o compromisso de Espanha com o processo de integração europeia, a estabilidade na zona euro, o processo de reforma e uma maior união política e económica.

"Creio que a Espanha vai continuar na vanguarda da integração", disse.

Os eleitores britânicos decidiram que o Reino Unido vai sair a União Europeia, depois de o 'Brexit' ter conquistado 51,9 por cento dos votos no referendo de quinta-feira, cuja taxa de participação foi de 72,2%.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou já a intenção de se demitir em outubro, na sequência deste resultado.

As principais bolsas europeias abriram hoje em forte queda, com a bolsa de Londres a descer perto dos 08%.

Lusa

  • A estreia de Centeno como líder do Eurogrupo
    1:56
  • Puigdemont chegou à Dinamarca e não foi detido

    Mundo

    A Justiça espanhola pediu à Dinamarca para ativar a ordem de detenção europeia contra Carles Puigdemont, que ignorou as ameaças de detenção e decidiu deslocar-se a Copenhaga para participar numa conferência. Entretanto na Catalunha, o presidente do parlamento propôs Puigdemont para voltar a dirigir o Governo Regional.

  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

    Luís Marques Mendes