sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Socialistas europeus dizem que saída do Reino Unido é grande revés

O Partido dos Socialistas Europeus (PSE), segunda maior família política europeia, lamentou hoje o resultado do referendo britânico, considerando que a saída do Reino Unido da União Europeia constitui "um grande revés" para as duas partes.

© Stoyan Nenov / Reuters

"Estou verdadeiramente chocado com o resultado do referendo. Nós apoiámos o nosso partido membro, o partido trabalhista do Reino Unido, na sua campanha pelo Remain (permanecer). Queríamos uma Grã-Bretanha forte numa Europa forte, e estávamos a trabalhar por uma Grã-Bretanha Social numa Europa Social. Agora temos de redobrar os nossos esforços conjuntos", afirmou o presidente do PES, Sergei Stanishev.

Apontando que, acima de tudo, é necessário "respeitar a escolha do povo britânico", o PSE - família política que integra o Partido Socialista (PS) - no entanto "lamenta profundamente" o desfecho do referendo, por ainda acreditar que o Remain era a melhor opção para todas as partes, mas sublinha que agora é altura de seguir em frente.

"O referendo no Reino Unido sobre a UE consumiu imensas energias dos nossos partidos políticos por toda a Europa. Finalmente, ficou para trás. Agora, os Socialistas e Democratas europeus, os partidos trabalhistas e todos os partidos progressistas devem focar-se num único objetivo: assumir a liderança para aproximar a Europa dos seus povos", acrescentou Stanishev.

Os eleitores britânicos decidiram que o Reino Unido vai sair a União Europeia, depois de o Brexit ter conquistado 51,9% dos votos no referendo de quinta-feira, segundo os resultados finais.

Os defensores da saída do Reino Unido do bloco europeu tiveram 17,41 milhões de votos e os partidários da permanência na União Europeia obtiveram 16,14 milhões de votos, de acordo os dados divulgados no portal da BBC após ter terminado o apuramento em todos os 382 círculos eleitorais.

Os resultados do referendo fizeram cair a libra para o valor mais baixo desde 1985

Lusa

  • "É um dia triste para a Europa e para o próprio Reino Unido"
    1:43

    Brexit

    Pedro Mota Soares diz que este é um dia triste para a Europa que com este resultado perde a sua segunda maior economia, mas também para o próprio Reino Unido. O deputado do CDS-PP alerta ainda para a necessidade de Portugal se posicionar na defesa dos interesses dos portugueses e das empresas nacionais que estão no Reino Unido.

  • Habitantes de Londres passam de carro pelas ruas para saudar a vitória do Brexit
    3:56

    Brexit

    O início da manhã em Londres foi marcado pela saída do Reino Unido da União Europeia. Se por um lado, os que votaram na permanência do Reino Unido estão um pouco hesitantes, por outro, aqueles que votaram no sim pela saída, passaram de carro pelas ruas para saudar a vitória. David Cameron já anunciou que irá ficar no cargo até pelo menos outubro. O relato é da repórter da SIC em Londres, Cândida Pinto.

  • David Cameron demite-se em outubro
    0:18

    Brexit

    O primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou hoje a intenção de se demitir em outubro, na sequência do referendo em que os britânicos decidiram pela saída do Reino Unido da União Europeia.

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.