sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Sarkozy defende que a França deve impulsionar um novo tratado europeu

O ex-presidente francês Nicolas Sarkozy disse este sábado que a União Europeia atravessa uma crise que vai além do referendo que determinou a saída do Reino Unido e defendeu que a França deve impulsionar um novo tratado europeu.

© Philippe Wojazer / Reuters

Após reunir-se no Palácio do Eliseu com o presidente francês, o líder do partido conservador disse aos jornalistas que esta foi a principal mensagem que transmitiu a François Hollande, que hoje iniciou uma ronda de conversações com os partidos políticos, após o resultado do referendo de quinta-feira que ditou a saída do Reino Unido da União Europeia.

"Disse ao Presidente como considero vital que a França tome uma iniciativa muito forte para colocar as bases de um novo tratado intergovernamental", afirmou.

Sarkozy criticou o atual funcionamento da UE e assinalou que um novo tratado é necessário "para que o conjunto dos povos da Europa compreendam que foram escutados".

Entre as criticas a Bruxelas, o ex-presidente francês disse que "não há mais (espaço) Schengen, não há a garantia das fronteiras" e que "a zona euro funciona muito mal".

"As competências da Europa são muitas", acrescentou Sarkozy, que pediu para que fosse transformada "esta crise histórica" numa oportunidade "para que a Europa recupere e controle o seu destino".

Lusa

  • Tsipras culpa líderes europeus pela vitória do Brexit
    0:46

    Brexit

    Alexis Tsipras afirma que os verdadeiros culpados pela vitória do Brexit são os líderes europeus, responsáveis por uma europa que só está unida no nome. O primeiro-ministro grego lembra que as políticas de austeridade e a retórica anti-emigração há muito que alimentam o populismo e os nacionalismos.

  • Brexit trouxe incerteza aos portugueses no Reino Unido
    2:21

    Brexit

    O Reino Unido é o principal destino da emigração portuguesa, e só em Londres, na zona de stockwell, estima-se que vivam cerca de 40 mil portugueses. Entre eles, a SIC encontrou um emigrante que chegou a Inglaterra numa altura em que Portugal que ainda não fazia parte da União Europeia.

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após noite de chuva intensa e queda de granizo
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC