sicnot

Perfil

Brexit

Cameron diz que "não pode haver dúvidas em relação ao resultado"

Cameron diz que "não pode haver dúvidas em relação ao resultado"

Pela primeira vez depois do referendo, David Cameron dirigiu-se ao Parlamento. Admitiu que este não era o resultado que ele desejava e que o processo vai ser difícil, mas que é para seguir em frente.

  • Angela Merkel aguarda declaração oficial sobre referendo
    1:06

    Brexit

    A Chanceler alemã avisou hoje que não há lugar para negociações informais para a saída do Reino Unido, sem que o país declare oficialmente a decisão e invoque o artigo 50 do Tratado de Lisboa. Angela Merkel reforça ainda a importância de manter os restantes 27 estados-membros unidos e diz que o impasse criado com o referendo britânico tem agora que ser resolvido.

  • Reino Unido só deve ativar artigo 50 quando tiver "visão clara" do futuro
    0:37

    Brexit

    O ministro das Finanças britânico diz que o Reino Unido só deve ativar o artigo 50 para deixar a União Europeia quando tiver uma "visão clara" do seu futuro. George Osborne lembrou que acionar o artigo 50 dos Tratados Europeus envolve tempo e que, enquanto isso, o departamento de responsabilidade orçamental deve começar a desenhar um plano para o país depois do resultado do referendo da passada quinta-feira que deu a vitória à saída da União Europeia.

  • "Há um risco sério de desintegração do Reino Unido"
    26:41

    Luís Marques Mendes

    Luís Marques Mendes comenta a atualidade nacional. O comentador diz que David Cameron tem responsabilidades na forma como o referendo que ditou a saída do Reino Unido da União Europeia foi convocado. Para Luís Marques Mendes há um risco de paralisia política e económica do Reino Unido o que poderá provocar um risco sério de desintegração. Sobre a venda do Novo Banco, Marques Mendes diz que se corre o risco de não surgir nenhuma proposta vantajosa e o Governo terá então de avançar para o processo de nacionalização do banco. O comentador falou ainda sobre a investigação à Caixa Geral de Depósitos. Na sua opinião o Banco de Portugal já devia ter mandado fazer uma auditoria forense como fez no caso do BES.

  • E agora, como vai ser?

    Brexit

    Os eleitores britânicos decidiram que o Reino Unido vai sair da UE, depois de o 'Brexit' ter conquistado 51,9% dos votos no referendo de quinta-feira, cuja taxa de participação foi de 72,2%. O primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou já a sua demissão com efeitos em outubro. E agora, como vai ser? Fica aqui as perguntas e respostas sobre o impacto do referendo no Reino Unido.

  • Um retrato devastador do "pior dia do ano"
    2:47
  • Um olhar sobre a tragédia através das redes sociais
    3:22
  • "Estão a gozar com os portugueses, esta abordagem tem de mudar"
    6:45

    Opinião

    José Gomes Ferreira acusa as autoridades e o poder político de continuarem a abordar o problema da origem dos fogos de uma forma que considera errada. Em entrevista, no Primeiro Jornal, o diretor adjunto da SIC, considera que a causa dos fogos "é alguém querer que a floresta arda". José Gomes Ferreira sublinha que não se aprendeu com os erros e que "estão a gozar com os portugueses".

    José Gomes Ferreira

  • "Os portugueses dispensam um chefe de Governo que lhes diz que isto vai acontecer outra vez"
    6:32

    Opinião

    Perante o cenário provocado pelos incêndios, os portugueses querem um chefe de Governo que lhes diga como é que uma tragédia não volta a repetir-se e não, como disse António Costa, que não tem uma fórmula mágica para resolver o problemas dos fogos florestais. A afirmação é de Bernardo Ferrão, da SIC, que questiona ainda a autoridade da ministra da Administração Interna para ir a um centro de operações, uma vez que é contestada por toda a gente.

  • Portugal precisa de "resultados em contra-relógio, após décadas de desordenamento florestal"
    1:18