sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Papa Fracisco alerta para risco de "balcanização" da Europa

O papa Francisco alertou hoje para o risco de "balcanização" da Europa depois de Reino Unido ter decidido a saída da União Europeia e apelou a que os Estados-membros tracem um novo caminho, com mais liberdades.

© POOL New / Reuters

"Temos de encontrar um novo tipo de União", disse o pontífice aos jornalistas, na viagem de regresso a Roma após a visita oficial à Arménia, comentando o 'Brexit' decidido pelos britânicos na passada quinta-feira.

"Há alguma coisa que não está a funcionar nesta maciça, pesada União. Mas não vamos deitar fora o bebé com a água do banho", disse Francisco.

O papa admitiu que o 'Brexit' pode impulsionar a independência de países, como a Escócia, e regiões, como a Catalunha (Espanha), o que poderia levar à "balcanização" da Europa.

O líder da igreja Católica apelou ainda para que os líderes europeus estejam abertos "a uma desunião criativa e saudável".

"Ou seja, (disponíveis para) dar mais independência, mais liberdade aos países na União Europeia", disse.

Na sexta-feira, quando foram conhecidos os resultados do referendo britânico, o papa Francisco disse que a Europa tem o dever de olhar por todos os seus cidadãos.

"O povo expressou a sua vontade", disse. "Isto requer grande responsabilidade para garantir o bem-estar do povo do Reino Unido, tal como o bem-estar e coexistência de todo o continente europeu".

Os eleitores britânicos decidiram que o Reino Unido vai sair da União Europeia, depois de o Brexit ter conquistado 51,9% dos votos no referendo de quinta-feira. Por definir está a forma como será feito 'o divórcio'.

O presidente da França, François Hollande, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, chegaram hoje a um "acordo completo" sobre como lidar com o resultado do referendo, sublinhando a "necessidade de iniciativas a favor da Europa e de agir rapidamente em relação a prioridades concretas".

As discussões sobre o Brexit vão continuar na segunda-feira, em Berlim, "de forma a conseguir a maior clareza possível sobre a situação, para não deixar nenhuma incerteza", segundo fontes comunitárias.

  • Parlamento britânico discute petição para novo referendo
    2:29

    Brexit

    O parlamento britânico debate uma petição para um novo referendo já na próxima terça-feira. Neste momento já há muitos arrependidos com o voto pela saída por causa das consequências imediatas da vitória do Brexit, e das que ainda se desconhecem. Somam-se a estes, os descontentes que querem um novo referendo em que haja um mínimo de 75% de afluência às urnas.

  • Juncker diz que saída do Reino Unido da UE não será um divórcio amigável
    1:19

    Brexit

    A União Europeia começou este sábado a preparar a saída do Reino Unido. Já há um nome designado para negociar o Brexit, trata-se do belga Didier Seeuws que vai liderar o grupo de trabalho encarregado de conduzir o processo. A notícia é conhecida ao mesmo tempo que o britânico que fazia parte da comissão europeia anunciou a saída desapontado com os resultados do referendo. Entretanto o presidente da Comissão europeia já veio dizer que a saída não será um divórcio amigável.

  • Com o Brexit "a situação passou a ser diferente"
    0:33

    Brexit

    Marcelo Rebelo de Sousa admite que a situação na Europa é diferente, após o referendo no Reino Unido. Hoje, em Mafra, o Presidente da República recusou comentar a reunião com os ministros dos Negócios Estrangeiros europeus.

  • Mais de 50 milhões de italianos decidem futuro do país
    1:43

    Mundo

    Este domingo, está nas mãos de mais de 50 milhões de eleitores italianos o futuro do país. Mais do que um voto à reforma constitucional, o referendo terá consequências políticas diretas no Governo italiano. As urnas fecham às 23h00, 22h00 em Lisboa. Os primeiros resultados são esperados meia hora depois.