sicnot

Perfil

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit

Eurodeputados exigem "aplicação imediata" de mecanismo de saída do Reino Unido

O Parlamento Europeu aprovou hoje por larga maioria uma resolução conjunta de três grupos políticos em que se pede a "aplicação imediata" do processo de retirada do Reino Unido da União Europeia (UE).

© Jon Nazca / Reuters

A resolução, aprovada por 395 votos a favor e 200 contra, sublinha que "a vontade expressa pelo povo [britânico] deve ser inteiramente respeitada" e o artigo 50.º do Tratado de Lisboa - que prevê a saída de um Estado-membro - "imediatamente invocado".

O PE tem como objetivo "evitar uma incerteza que seria prejudicial e proteger a integridade da União Europeia".

A aprovação da resolução conjunta dos grupos políticos do PPE (que integra os eurodeputados do PSD e CDS), S&D (onde estão os do PS) e ALDE (que inclui o eleito pelo MPT) e Verdes seguiu-se a um debate sobre o referendo que decidiu a saída do Reino Unido da União Europeia ('Brexit').

De acordo com o artigo 50.º, "qualquer Estado-Membro que decida retirar-se da União notifica a sua intenção ao Conselho Europeu", o que o primeiro-ministro britânico demissionário, David Cameron, indicou tencionar deixar nas mãos do seu sucessor.

Após essa formalidade, é negociado um acordo de saída que antes de ser celebrado pelo Conselho, que delibera por maioria qualificada, tem que ser aprovado pelo PE.

Tudo isto num prazo máximo de dois anos, a não ser que haja um acordo -- unânime -- para este ser prorrogado.

Os eleitores britânicos decidiram que o Reino Unido deve sair da UE, depois de o 'Brexit' (nome como ficou conhecida a saída britânica da União Europeia) ter conquistado 51,9 por cento dos votos no referendo de quinta-feira passada.

Logo na sexta-feira, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou a sua demissão, com efeitos em outubro, e os líderes da UE defenderam uma saída rápida do Reino Unido.

Lusa

  • 10 Minutos com Eurico Reis
    11:20

    10 Minutos

    Há quatro meses que Portugal é um dos poucos países europeus onde é possível recorrer à gestação de substituição. E há já um casal que teve luz verde para começar os tratamentos. Para um balanço, foi nosso convidado Eurico Reis, juiz desembargador e presidente do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, a entidade que autoriza os processos de gestação de substituição.

    Entrevista completa

  • A inédita entrevista do príncipe Harry a Barack Obama
    0:47

    Mundo

    Foi divulgado um vídeo pouco habitual, onde aparece o príncipe Harry a entrevistar Barack Obama para um programa de rádio. A conversa foi gravada em setembro, durante um evento desportivo para militares com deficiência, e será transmitida na íntegra no dia 27 de dezembro.

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01
  • Seis meses depois da tragédia de Pedrógão Grande
    5:55

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Assinalou-se este domingo meio ano desde que o país ficou em choque com o rasto de morte e destruição causado pelos incêndios florestais na região centro. A tragédia de Pedrogão Grande foi há precisamente seis meses. Enquanto segue a reconstrução no tempo possível e com o Natal à porta, a vida prossegue, mas não voltará a ser mesma.