sicnot

Perfil

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit

Marcha junta milhares em Londres contra saída da UE

Milhares marcharam hoje Londres para protestar contra os resultados do referendo no Reino Unido, que determinaram a saída da União Europeia, uma decisão que provocou turbulência política e dividiu a opinião pública.

© Paul Hackett / Reuters

Cantando "Nós te amamos UE", agitando bandeiras europeias e carregando bandeiras coloridas com 'slogans', os manifestantes começaram a marcha no final da manhã de hoje, em direção ao parlamento.

A votação de 23 de junho levou à renúncia do primeiro-ministro David Cameron, desencadeando uma batalha pela liderança no partido conservador, no poder, e lançando o caos no principal partido da oposição, os trabalhistas.

"Podemos evitar o Brexit, recusando aceitar o referendo como a palavra final, e retirar o nosso dedo do botão de autodestruição", disse o organizador da marcha, Keiran MacDermott, na sua página do Facebook, acrescentando: "não vamos deixar a próxima geração à deriva... Vamos marchar, vamos protestar, e vamos parar Brexit."

Os britânicos, preocupados com a imigração, votaram 52% a favor de uma saída do bloco europeu.

Lusa

  • Árbitros recuam e vão apitar jogos do próximo fim de semana

    Desporto

    Os árbitros recuaram esta quarta-feira na intenção de não comparecer nos jogos do próximo fim de semana. Depois de na terça-feira a maioria dos juízes terem apresentado um pedido de dispensa dos jogos da 12.ª jornada do campeonato, esta quarta-feira adiaram a decisão após uma reunião com o Conselho de Arbitragem.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • Jorge Jesus e Ana Malhoa contra o consumo de sal
    1:21
  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.