sicnot

Perfil

Brexit

Rainha de Inglaterra sublinha que é importante manter a calma perante os desafios

Rainha de Inglaterra sublinha que é importante manter a calma perante os desafios

A Rainha de Inglaterra inaugurou hoje a nova legislatura do parlamento da Escócia. Uma semana depois do referendo que ditou a saída britânica da União Europeia e a demissão de David Cameron, Isabel II destacou a importância de manter a calma perante os novos desafios.

Na sua intervenção, a soberana britânica, de 90 anos, disse aos membros do parlamento de Holyrood, em Edimburgo, que o mundo é cada vez mais "complexo e exigente" e que os acontecimentos dos dias de hoje se desenvolvem a uma "velocidade extraordinária".

Isabel II inaugurou a sessão dias depois de os britânicos votarem a favor da saída da União Europeia ("Brexit") num referendo a 23 de junho, o que provocou uma crise política com o anúncio da demissão do primeiro-ministro, David Cameron.

A rainha, acompanhada pela líder do governo escocês, Nicola Sturgeon, destacou que os tempos atuais trazem "esperança".

"Claro que todos vivemos e trabalhamos num mundo cada vez mais complexo e exigente, no qual os acontecimentos e os desenvolvimentos podem e têm lugar a uma velocidade extraordinária, e ter a capacidade para conservar a calma e estarmos serenos pode ser às vezes duro", admitiu a chefe de Estado britânica.

A soberana destacou também a necessidade de pensar as coisas com serenidade, a fim de observar como os "desafios e as oportunidades" podem ser abordados da melhor maneira.

A intervenção de Isabel II coincide com momentos difíceis na Escócia, depois de a região votar a favor da permanência na UE.

Na sequência deste resultado, Nicola Sturgeon indicou que fará todo o possível para defender os interesses da Escócia na UE e não descartou a possibilidade de convocar outro referendo de independência, depois do de 2014, no qual os escoceses rejeitaram a separação do Reino Unido.

Sturgeon destacou hoje no parlamento escocês a importância de que os membros desta sessão legislativa mostrem "coragem e determinação" para ajudar os escoceses.

"O nosso compromisso coletivo para com o povo da Escócia é o de que não devemos fugir de nenhum dos desafios que enfrentamos, sem importar quão difíceis ou profundos sejam", acrescentou.

Ao mesmo tempo, a líder independentista sublinhou que o dever do parlamento é "nunca diminuir o nosso lugar no mundo", em clara referencia ao vínculo com o bloco comunitário.

"Hoje, ao celebrar um novo começo (legislativo), olhemos com esperança (...) para trabalhar sem descanso pelo bem de todos os escoceses e, ao fazê-lo, ter a nossa participação numa Europa mais forte e num mundo melhor", acrescentou.

Com Lusa

  • Costa de Metro de Odivelas para Lisboa para relembrar corrida entre burro e Ferrari
    2:55

    Autárquicas 2017

    António Costa começou hoje o dia de campanha em Odivelas, para uma viagem de Metro até Lisboa, em que recordou a célebre corrida entre um burro e um Ferrari que protagonizou em 1993 quando foi canditado do PS à Câmara de Loures. Foi nesta cidade, onde ontem à noite, que desferiu um violento ataque a Pedro Passos Coelho, acusando-o de transformar o PSD num partido que não é digno de um Estado democrático.

  • O aeroporto de Beja, um "elefante branco" na planície alentejana
    4:33
  • Paciente há 15 anos em estado vegetativo consegue seguir objetos e mexer a cabeça

    Mundo

    Um homem de 35 anos, que ficou em estado vegetativo após um acidente de viação há 15 anos, deu sinais de consciência depois de lhe ter sido aplicada uma nova técnica de estimulação nervosa. Cirurgiões implantaram no paciente um pequeno aparelho que estimula o nervo vago, responsável pela ligação nervosa entre o cérebro e o resto do corpo. A intervenção aconteceu em França e a descoberta foi publicada na revista científica Current Biology.