sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Primeira-ministra britânica visita Berlim e Paris esta semana

A primeira-ministra britânica, Theresa May, desloca-se esta semana a Berlim e Paris para reuniões com Angela Merkel e François Hollande, respetivamente, informou hoje um porta-voz da residência oficial do chefe do Governo do Reino Unido.

© Paul Hackett / Reuters

De acordo com o número 10 de Downing Street, May viaja na quarta-feira para Berlim, onde se vai reunir com a chanceler alemã, Angela Merkel, num encontro que deverá ser dominado pela questão da saída britânica da UE.

A primeira deslocação de May ao estrangeiro, desde que tomou posse, na quarta-feira passada, começa depois de participar na primeira sessão de perguntas ao primeiro-ministro na Câmara dos Comuns do Parlamento britânico.

Na quinta-feira, May voa para Paris para uma reunião com o Presidente francês, François Hollande, com quem deverá debater a cooperação bilateral em várias questões de interesse comum.

"A primeira-ministra fará esta semana a primeira viagem ao estrangeiro. Na quarta-feira, depois das perguntas ao chefe do governo, viaja para Berlim, para conversações bilaterais e um jantar de trabalho com a chanceler Merkel", disse um porta-voz de Downing Street.

"Esta será uma oportunidade para debater a relação bilateral, a cooperação numa variedade de desafios globais e, claro, como é que o Reino Unido e a Alemanha podem continuar a trabalhar juntos quando Londres se prepara para sair da UE", acrescentou.

Na quinta-feira, May estará em Paris para debater com Hollande "questões semelhantes", bem como o ataque na quinta-feira passada em Nice, no qual morreram 84 pessoas.

Theresa May indicou que vai cumprir a decisão do povo britânico de sair da UE, na sequência do referendo de 23 de junho.

Para isso, a primeira-ministra nomeou o deputado conservador David Davis ministro para o Brexit, encarregado das futuras negociações com a UE sobre o processo de saída.

May deve decidir quando vai invocar o artigo 50 do Tratado de Lisboa, que estabelece um período de dois anos para negociar os termos da saída de um país-membro da UE.

Davis indicou já que o Reino Unido poderá invocar o artigo no final do ano ou no início de 2017.

Lusa

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.