sicnot

Perfil

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit

Rendas baixam em Londres pela primeira vez desde 2010

Os arrendamentos com novos contratos em Londres baixaram em julho pela primeira vez desde novembro de 2010, indica um estudo realizado após a decisão britânica de deixar a União Europeia (UE).

No estudo publicado esta segunda-feira, o grupo Countrywide destacou uma redução de 0,5% nos alugueres com novos contratos na capital britânica em julho, em comparação com o mesmo mês de 2015.

Johnny Morris, diretor de pesquisas do Countrywide, explicou que foram disponibilizadas novas casas no mercado nos últimos meses, o que fez com que os preços baixassem.

No plano nacional, os arrendamentos novos registaram, pelo contrário, uma subida de 1,5% de um ano para o outro.

A decisão britânica de deixar a União Europeia ('Brexit') levou a uma vaga de preocupação no mercado imobiliário no Reino Unido, particularmente em Londres, depois do crescimento dos últimos anos.

O preço médio de uma casa vendida em Londres é de cerca de 619.400 libras (716.500 euros), indica o estudo.

Os preços aumentaram nos últimos anos devido à tendência das classes mais altas para investir em imóveis e por um afluxo de investidores provenientes do Golfo Pérsico e da Rússia.

Lusa

  • Seca extrema agrava-se no interior alentejano, produção de trigo pode cair 40%
    6:22

    País

    A falta de chuva está a provocar prejuízos na agricultura, em especial no setor dos cereais, como o trigo que, este ano, deverá registar uma quebra de 40% na produção. O repórter Luís Godinho convidou o agricultor e professor de Ciências Agrárias na Universidade de Évora, Ricardo Freixial, para explicar os prejuízos que a seca está a provocar nas culturas e a sustentabilidade da agricultura portuguesa perante as alterações climáticas.