sicnot

Perfil

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit / Eleições no Reino Unido

Tusk recusa negociar Brexit antes de Londres iniciar formalmente o processo

© Thomas Peter / Reuters

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, advertiu esta quinta-feira que não haverá negociações sobre a futura relação do Reino Unido com a UE antes de Londres iniciar formalmente o processo, para garantir a proteção dos interesses dos Estados-membros.

"A nossa posição é muito clara: não haverá negociações sem notificação", disse Tusk à imprensa no Luxemburgo após uma reunião com o primeiro-ministro luxemburguês, Xavier Bettel.

Donald Tusk referia-se à "cláusula de saída", o artigo 50.º do Tratado de Lisboa, que Londres deve acionar notificando o Conselho Europeu.

A notificação lança um processo de negociações de até dois anos.

"Esse princípio está inscrito nos nossos tratados por uma razão: proteger os interesses dos outros membros da UE que querem continuar juntos e não os daquele que decide sair", disse.

"Não vamos transigir nesse princípio", insistiu.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, tem afirmado que não vai acionar o artigo 50.º antes do final de 2016.

Donald Tusk está a visitar várias capitais europeias para preparar a cimeira informal a 27 de Bratislava, de 16 de setembro.

Essa cimeira servirá para debater o futuro da UE pós-Brexit, mas será também consagrada às questões de segurança e defesa.

"É minha convicção profunda que devemos ter como prioridade recuperar o controlo total da nossa segurança, tanto no interior da UE como nas nossas fronteiras externas", disse Tusk.

"Não foi por acaso que esta questão e a dos fluxos migratórios dominaram a campanha do referendo britânico", comentou.

Lusa

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.