sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Tusk recusa negociar Brexit antes de Londres iniciar formalmente o processo

© Thomas Peter / Reuters

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, advertiu esta quinta-feira que não haverá negociações sobre a futura relação do Reino Unido com a UE antes de Londres iniciar formalmente o processo, para garantir a proteção dos interesses dos Estados-membros.

"A nossa posição é muito clara: não haverá negociações sem notificação", disse Tusk à imprensa no Luxemburgo após uma reunião com o primeiro-ministro luxemburguês, Xavier Bettel.

Donald Tusk referia-se à "cláusula de saída", o artigo 50.º do Tratado de Lisboa, que Londres deve acionar notificando o Conselho Europeu.

A notificação lança um processo de negociações de até dois anos.

"Esse princípio está inscrito nos nossos tratados por uma razão: proteger os interesses dos outros membros da UE que querem continuar juntos e não os daquele que decide sair", disse.

"Não vamos transigir nesse princípio", insistiu.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, tem afirmado que não vai acionar o artigo 50.º antes do final de 2016.

Donald Tusk está a visitar várias capitais europeias para preparar a cimeira informal a 27 de Bratislava, de 16 de setembro.

Essa cimeira servirá para debater o futuro da UE pós-Brexit, mas será também consagrada às questões de segurança e defesa.

"É minha convicção profunda que devemos ter como prioridade recuperar o controlo total da nossa segurança, tanto no interior da UE como nas nossas fronteiras externas", disse Tusk.

"Não foi por acaso que esta questão e a dos fluxos migratórios dominaram a campanha do referendo britânico", comentou.

Lusa

  • "De hoje em diante, só a América virá em primeiro lugar"
    3:20
  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39

    Mundo

    As primeiras decisões da era Trump não tardaram. O 45.º Presidente dos Estados Unidos da América já avançou com algumas medidas, entre elas, a confirmação dos nomes que vão compor a nova administração e a criação do Dia do Patriotismo.

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.