sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Jamie Oliver fecha restaurantes por causa do Brexit

O célebre chef de cozinha britânico Jamie Oliver anunciou o encerramento de vários restaurantes da cadeia Jamie's Italian no Reino Unido. A culpa é do Brexit.

A anunciada saída do Reino Unido da União Europeia está a fazer estragos na cozinha de Jamie Oliver. Os ingredientes para confecionar os pratos italianos nos restaurantes dedicados às massas e às pizzas (Jamie's Italian) estão cada vez mais caros

Desde que os britânicos decidiram que queriam sair da UE, no referendo de 23 de junho de 2016, que a libra tem vindo a cair face ao euro, o que provoca o aumento dos preços dos produtos importados.

E o Brexit também contribui para o facto de ficarem mais caras as despesas de formação de cozinheiros e para a diminuição de clientes, explica em comunicado o diretor executivo, Simon Blagden.

No primeiro trimestre deste ano vão fechar seis restaurantes: Aberdeen, Exeter, Cheltenham, Richmond, Tunbridge Wells e Ludgate Hill, perto da Catedral de S. Paulo, em Londres. A decisão afeta 120 trabalhadores, menos de 5% do total de pessoas que Jamie Oliver emprega nos seus vários projetos, e que deverão ser integrados nessas outras áreas do grupo, promete Jamie Oliver.

Atualmente, Oliver tem 42 Jamie's Italian no Reino Unido e 36 no estrangeiro, estando prevista a abertura de mais 22 restaurantes dedicados à cozinha italiana. O cozinheiro tem outros restaurantes de outras especialidades, livros de cozinha, programas televisivos, sites com receitas, projetos de formação de cozinheiros, programas para introduzir comida saudável no dia-a-dia dos britânicos, mas que já conquistaram muitos outros países e nacionalidades.

  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.