sicnot

Perfil

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit

Tony Blair tem como nova missão mudar a opinião dos britânicos

© Toby Melville / Reuters

O antigo primeiro-ministro Tony Blair lançou hoje uma nova campanha para persuadir os britânicos a mudarem de opinião sobre a saída do país da União Europeia (UE).

Blair exortou os eleitores a manifestarem-se contra a decisão do governo de sair da UE a qualquer custo, considerando que tal pode prejudicar as futuras gerações.

O político argumentou que o voto no referendo do ano passado pela saída foi "baseado num conhecimento imperfeito" e que os britânicos votaram sem conhecerem as verdadeiras condições do Brexit.

"Como as condições se vão tornando mais claras, é direito deles mudarem de opinião", disse, adiantando: "A nossa missão é persuadi-los a fazê-lo".

Blair disse que abandonar o bloco de 28 nações não é inevitável e que os que defendiam o Brexit se aproveitaram de um clima de revolta decorrente em parte das mudanças na economia global.

O antigo chefe do governo britânico (1997-2007) adianta que os defensores do Brexit poderão dizer que "a vontade do povo não pode mudar", mas a sua opinião é de que "pode".

Anunciou planear formar um instituto e construir uma aliança cruzando as linhas partidárias para criar um movimento de peso e alcance que combata a noção de um Brexit a qualquer custo.

O antigo líder trabalhista disse que o governo da primeira-ministra Theresa May ficou obcecado com o Brexit e que está a ignorar questões urgentes sobre os desafios da economia moderna, o Serviço Nacional de Saúde, o impacto da globalização nas comunidades e a controlo da imigração.

"Este não é o tempo para a retirada, a indiferença ou o desespero. Mas o momento de nos levantarmos em defesa do que acreditamos", disse.

Lusa

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Guterres apela à Coreia do Norte para cumprir resoluções

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou este sábado ao ministro do Exterior da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, para o cumprimento das resoluções que o Conselho de Segurança impôs ao país em resposta à sua escalada armada.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.