sicnot

Perfil

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit

Tony Blair tem como nova missão mudar a opinião dos britânicos

© Toby Melville / Reuters

O antigo primeiro-ministro Tony Blair lançou hoje uma nova campanha para persuadir os britânicos a mudarem de opinião sobre a saída do país da União Europeia (UE).

Blair exortou os eleitores a manifestarem-se contra a decisão do governo de sair da UE a qualquer custo, considerando que tal pode prejudicar as futuras gerações.

O político argumentou que o voto no referendo do ano passado pela saída foi "baseado num conhecimento imperfeito" e que os britânicos votaram sem conhecerem as verdadeiras condições do Brexit.

"Como as condições se vão tornando mais claras, é direito deles mudarem de opinião", disse, adiantando: "A nossa missão é persuadi-los a fazê-lo".

Blair disse que abandonar o bloco de 28 nações não é inevitável e que os que defendiam o Brexit se aproveitaram de um clima de revolta decorrente em parte das mudanças na economia global.

O antigo chefe do governo britânico (1997-2007) adianta que os defensores do Brexit poderão dizer que "a vontade do povo não pode mudar", mas a sua opinião é de que "pode".

Anunciou planear formar um instituto e construir uma aliança cruzando as linhas partidárias para criar um movimento de peso e alcance que combata a noção de um Brexit a qualquer custo.

O antigo líder trabalhista disse que o governo da primeira-ministra Theresa May ficou obcecado com o Brexit e que está a ignorar questões urgentes sobre os desafios da economia moderna, o Serviço Nacional de Saúde, o impacto da globalização nas comunidades e a controlo da imigração.

"Este não é o tempo para a retirada, a indiferença ou o desespero. Mas o momento de nos levantarmos em defesa do que acreditamos", disse.

Lusa

  • Rui Santos revela novos e-mails que envolvem o Benfica
    1:52
    Tempo Extra

    Tempo Extra

    3ª FEIRA 23:00

    No programa da SIC Notícias Tempo Extra, Rui Santos revelou esta terça-feira que o blogue de Hugo Gil, associado ao Benfica, partilhou informação privilegiada da APAF (Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol) com várias figuras do clube da Luz.

  • "É preciso namorar bem para que o namoro dê certo"
    2:31
  • Governo vai proibir refeições nos monumentos com estatuto de panteão
    0:53

    País

    O Governo vai acabar com as refeições no Panteão Nacional e em edifícios com estatuto semelhante, como os mosteiros dos Jerónimos e da Batalha. A decisão foi anunciada esta terça-feira pelo ministro da Cultura, no Parlamento. Luís Filipe Castro Mendes esclareceu que a decisão surge no âmbito da revisão do regulamento sobre os monumentos.

  • O Futuro Hoje na maior feira eletrónica de consumo do mundo
    5:14