sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Juncker gostaria que Reino Unido "voltasse a entrar no barco" da UE

© Christian Hartmann / Reuters

O presidente da Comissão Europeia Jean-Claude Juncker disse esta sexta-feira esperar que o Reino Unido regresse um dia à União Europeia (UE), apesar de se preparar para formalizar o 'divórcio' que levará dois anos a concluir."

"Não gostei do 'Brexit' porque gostava de estar no mesmo barco que os britânicos e espero que ainda chegue o dia em que voltem a entrar no barco", disse Juncker, no final de uma reunião informal a 27, sem a presença da primeira-ministra britânica, Theresa May.

"A questão do 'Brexit' encoraja os outros estados-membros a continuar" considerou ainda o líder do executivo comunitário, salientando que "o 'Brexit' não é o fim".

O Reino Unido deverá invocar este mês o Artigo 50.º do Tratado de Lisboa, que permite a um Estado-membro abandonar a UE, devendo as negociações estar concluídas em dois anos.

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, adiantou já que deverá haver uma cimeira extraordinária, em abril, para lançar o debate sobre o 'Brexit'.

Lusa

  • Comissão Europeia avança cenários possíveis para o pós-Brexit
    2:05

    Mundo

    A Comissão Europeia apresentou esta quarta-feira o chamado Livro Branco sobre o futuro da Europa em que avança não um mas cinco cenários possíveis, para o pós-brexit. O Presidente Jean-Claude Juncker foi esta quarta-feira explicá-los ao Parlamento Europeu. Ouviu críticas dos eurodeputados e respondeu de forma pouco ortodoxa.

  • "Apelamos ao debate e somos criticados? Então m...."
    0:52

    Economia

    No Parlamento Europeu, Jean-Claude Juncker ouviu críticas ao Livro Branco sobre o futuro da Europa e ao facto de não apresentar um caminho a seguir, mas cinco cenários possíveis. No final, o presidente da Comissão foi duro na resposta e apontou o dedo aos que o criticam por querer mudar de estratégia e por querer levar o debate sobre o projeto europeu aos cidadãos.

  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.