sicnot

Perfil

Brexit

Theresa May acusa oposição de minar negociações do Brexit

Theresa May acusa oposição de minar negociações do Brexit

A primeira-ministra britânica anunciou esta terça-feira a realização de eleições antecipadas a 8 de junho. Theresa May acusou a oposição de minar as negociações do Brexit com jogos políticos, mas garantiu que nada fará o Governo desistir do processo de saída.

  • Theresa May poderá reforçar poder nas negociações do Brexit
    0:53

    Brexit

    O Presidente do Conselho Europeu garante ter tido uma boa conversa telefónica com a primeira-ministra do Reino Unido. A ligação entre Donald Tusk e Theresa May aconteceu depois da primeira-ministra ter comunicado que convocou eleição gerais antecipadas. A informação foi divulgada num twitt de Donald Tusk. Berlim já disse esperar que as eleições tragam "clareza". Os negociadores da União Europeia vêem na votação a possibilidade de reforço da liderança de May que terá os poderes de negociação reforçados com o apoio do eleitorado.

  • Primeira-ministra britânica explica eleições antecipadas
    1:37

    Brexit

    A primeira-ministra britânica, anunciou hoje a convocação de eleições legislativas antecipadas para o dia 8 de junho. Theresa May acusou a oposição de jogos políticos que minam o país nas negociações do Brexit. mas garantiu que nada fará o Governo desistir deste processo. 

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • Estarão os portugueses a consumir vitamina D em excesso? 
    6:44
  • Investigadores criam nanovacina contra diferentes cancros

    Mundo

    Investigadores da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, desenvolveram uma nanovacina (vacina administrada através de partículas microscópicas) contra diferentes cancros, como o da pele, do cólon e do reto, numa experiência com ratos, revela um estudo publicado esta segunda-feira.