sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Reino Unido terá de pagar 100 mil M€ à UE

Neil Hall/ Reuters

A fatura que o Reino Unido deveria pagar para sair da União Europeia (UE) pode ascender a 100.000 milhões de euros, mais do que o valor inicialmente estimado, indica hoje o jornal económico britânico Financial Times (FT).

O aumento da fatura resulta de exigências mais estritas da França e da Alemanha, e tem como objetivo fazer provisões para o setor agrícola depois do Brexit, bem como pagamentos para cobrir gastos administrativos comunitários em 2019 e 2020, adianta o FT.

A conta britânica, que faz parte da negociação sobre os termos da retirada do Reino Unido da UE, é um dos assuntos mais conflituosos das negociações, que deverão começar depois das eleições britânicas de 8 de junho.

Até agora, falava-se de que a fatura do divórcio britânico se cifraria em cerca de 60.000 milhões de euros, mas, segundo o Financial Times, vários países europeus endureceram a sua posição.

Paris e Varsóvia, indica o jornal, estão a favor de incluir um pagamento anual agrícola para depois do Brexit, enquanto Berlim está contra a concessão ao Reino Unido de uma participação dos ativos (como propriedades) comunitários.

Comentando este artigo do FT, o ministro britânico para o Brexit, David Davis, declarou hoje à cadeia ITV que o seu país não pagará 100.000 milhões de euros e que tudo será negociado nas reuniões.

Lusa

  • "Negociações vão ser duras"
    1:08

    Brexit

    A primeira-ministra britânica reitera que as negociações para a saída do Reino Unido da União Europeia "vão ser duras". Numa entrevista à BBC, Theresa May voltou a apelar ao voto alegando ser necessária uma maioria sustentável para defender os interesses do país no processo do Brexit.

  • Theresa May assume que negociações com UE vão ser difíceis
    0:28

    Brexit

    No rescaldo do Conselho Europeu extraordinário sobre o Brexit, a primeira-ministra britânica diz que as preocupações manifestadas pelos demais líderes europeus provam que a negociação vai ter momentos difíceis. Em resposta às críticas dos líderes europeus sobre a forma como está a tentar negociar, May diz que "não vive noutra galáxia". Declarações feitas numa entrevista à BBC onde a chefe do executivo reiterou que a saída do Reino Unido da Europa dos 28 é a tábua de salvação do país.

  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08

    Brexit

    Os 27 países da União Europeia aprovaram este sábado as principais linhas que vão guiar as negociações do Brexit. Em Bruxelas, os líderes europeus dizem-se unidos para dar início ao processo de separação do Reino Unido e garantem que a defesa dos direitos dos cidadãos europeus é uma prioridade.