sicnot

Perfil

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit / Eleições no Reino Unido

Aumentam os pedidos de passaporte britânico por cidadãos residentes na UE

Mani Rana

O Reino Unido registou um aumento significativo do número de pedidos de passaporte britânico por parte de cidadãos que vivem noutros países da União Europeia, em consequência do Brexit, noticia esta terça-feira o Financial Times (FT).

O diário económico, que cita dados do serviço britânico de registos de passaporte, avança que 13.700 pessoas a viver fora do Reino Unido e dentro do espaço comunitário pediram o seu primeiro passaporte britânico em 2016, número que representa um aumento de cerca de 35% em comparação com o registo em 2015.

O maior número de pedidos foi verificado em França, onde 2.369 cidadãos solicitaram o passaporte britânico no ano passado, numa subida de 28% em relação a 2015 e na Alemanha o número de pedidos (2.140) aumentou 60% no mesmo período.

O FT assinala que o aumento de pedidos de passaporte foi particularmente notável em julho último, no mês seguinte à realização do referendo histórico no Reino Unido, em 23 de junho, em que os britânicos escolheram abandonar a União Europeia.

O diário britânico indica que as petições terão sido interpostas provavelmente por pessoas que tinham o direito ao passaporte britânico e nunca, até agora, o tinham pedido, como pessoas nascidas dentro no espaço da UE, com um ou dois progenitores britânicos.

Cerca de dois terços dos pedidos são relativos a menores de idade.

O futuro dos cidadãos de países membros da UE a residir atualmente no Reino Unido e o dos britânicos a viver no espaço comunitário constitui um dos assuntos mais sensíveis e potencialmente mais complicados por resolver nas próximas negociações do "Brexit".

O FT dá ainda conta do movimento de pedidos de nacionalidade britânica de entre os três milhões de cidadãos comunitários a viver no Reino Unido, assim como de um aumento significativo do número de cidadãos britânicos que pediram a nacionalidade irlandesa depois do referendo.

Lusa

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • Mais de duas mil pessoas retiradas do fogo junto ao parque Doñana, no Sul de Espanha

    Mundo

    O incêndio florestal começou ainda na noite deste sábado na aldeia de Las Peñuelas de Moguer, na província de Huelva e obrigou à evacuação de várias localidades e à retirada de mais de duas mil pessoas, de vários alojamentos turísticos (incluindo o Parador de Mazagon, dois parques de campismo e um hotel). Foi ainda ativado o plano de emergência da província.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.