sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Tusk felicita May e frisa urgência de negociar Brexit

© Hannah Mckay / Reuters

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, felicitou hoje a primeira-ministra britânica, Theresa May, pela reeleição, mas frisou a urgência de começar as negociações sobre a saída do Reino Unido da União Europeia (UE).

"Quero felicitá-la pela recondução como primeira-ministra", escreveu Tusk.

"A nossa responsabilidade comum e tarefa urgente é conduzir as negociações sobre a saída do Reino Unido da UE no melhor espírito possível para garantir o resultado menos prejudicial", acrescentou.

O prazo limite de março de 2019, dois anos depois de Londres notificar formalmente Bruxelas, não permite "perder tempo", insistiu Tusk, declarando-se "empenhado em manter um contacto regular e próximo para facilitar o trabalho dos negociadores".

Theresa May antecipou três anos as eleições legislativas para reforçar a sua maioria parlamentar na perspetiva das negociações de saída do Reino Unido da UE.
Mas o resultado das eleições pode acabar por complicar as negociações.

Declarados 649 dos 650 lugares na Câmara dos Comuns, o partido Conservador elegeu 318, menos oito do que os necessários para uma maioria absoluta e menos 12 dos que tinha no anterior parlamento.

O comissário europeu da Energia, o alemão Günther Öttinger, acentuou ainda mais a pressão sobre Londres afirmando que as negociações sobre o Brexit têm de estar terminadas em outubro de 2018 para dar tempo aos outros 27 Estados membros para aprovarem o acordo até março de 2019.

"O tempo para as negociações do Brexit está a ficar apertado", disse Öttinger. "Têm de estar terminadas em outubro de 2018", acrescentou.

Lusa

  • Bruxelas pronta para começar a negociar o Brexit
    1:24

    Brexit

    O presidente da Comissão Europeia adianta que, do lado dos 27, está tudo a postos para começar a negociar o Brexit com o Reino Unido. Jean-Claude Juncker espera ainda que os britânicos consigam formar um governo estável e que avancem rapidamente para as negociações.

  • Theresa May anuncia formação do novo governo
    2:37

    Brexit

    Theresa May confirmou a aliança com o Partido Unionista da Irlanda do Norte. À saída do encontro com a rainha Isabel II, a primeira-ministra britânica disse que vai formar um governo estável para garantir o cumprimento dos prazos das negociações do Brexit.

  • Reino Unido vive terramoto político 
    2:01

    Brexit

    O Reino Unido está a viver um verdadeiro terramoto político na sequência das eleições de ontem, em que a primeira-ministra conservadora perdeu deputados e a maioria absoluta que detinha no parlamento. Os resultados das eleições deixam então o país sem solução governativa maioritária.

  • Penélope Cruz diz que contos de fadas são muito machistas

    Cultura

    Penélope Cruz revelou recentemente o sentimento de descontentamento com os contos de fadas que, a seu ver, são muito machistas. A atriz de 43 anos confessou que lê as histórias aos filhos, Leonardo de sete anos e Luna de quatro, mas que opta por alterar sempre o final.

    SIC

  • Kurt Cobain homenageado no dia em que faria 51 anos

    Cultura

    No dia em que faria 51 anos, se estivesse vivo, Kurt Cobain foi homenageado pela viúva, Courtney Love, e a filha do casal, Frances Bean. Através de publicações no Instagram, mãe e filha lembraram o fundador, vocalista e guitarrista dos Nirvana, que vai ficar para sempre na história da música.

    SIC

  • Google Maps esconde mansão de Puigdemont na Bélgica

    Mundo

    Depois de fugir de Espanha, Carles Puigdemont refugiou-se na Bélgica para evitar uma possível extradição. O refúgio que encontrou foi uma mansão no município de Waterloo, por 4.400 euros ao mês. Agora, a pedido do ex-presidente do Governo da Catalunha, essa mesma mansão foi "apagada" do Google Maps.

    SIC

  • 50 empresas estão a recrutar na Universidade Católica
    1:46

    Economia

    A Universidade Católica de Lisboa reuniu 50 empresas nacionais e internacionais numa feira de emprego esta terça-feira e amanhã. As empresas procuram novos candidatos para os lugares que têm disponíveis nos departamentos de Economia, Finanças e Gestão.