sicnot

Perfil

Benfica tricampeão

Benfica tricampeão

Benfica Tricampeão

Bruno de Carvalho diz que "tempo de impunidade está a acabar"

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, deixou hoje críticas à arbitragem do jogo em que o Benfica se sagrou tricampeão nacional de futebol e disse que a lógica de poder dos bastidores está a ser desmascarada.

HUGO DELGADO/LUSA

"Espero que aproveitem bem estes dias pois a próxima época está quase a começar. Reforço o orgulho tremendo que tenho nos nossos adeptos, que foram gigantes esta época e que aguentaram tudo, até terem de perceber que existem jogadores que têm a cabeça no lugar das mãos", escreveu Bruno de Carvalho no seu perfil pessoal no Facebook.

No domingo, na 34ª e última jornada da I Liga, o Benfica assegurou o seu 35º título depois de vencer em casa o Nacional, por 4-1, num jogo em que a equipa visitante se queixou de uma grande penalidade não assinalada a seu favor, por mão na bola do brasileiro Talisca.

"Agora é tempo de deixar os cães de fila falar. No momento certo farei o balanço deste campeonato. Mas vou já adiantando que parece que muitos mais são aqueles que vão percebendo o que se passou. Dou alguns exemplos recentes: Sérgio Conceição [treinador do Vitória de Guimarães], Manuel Machado [treinador do Nacional]", disse Bruno de Carvalho.

O presidente do Sporting, que terminou o campeonato em segundo, a dois pontos do Benfica, acrescentou que no domingo foram muitos os presidentes de clubes que lhe ligaram a manifestar a sua preocupação.

"Escrevam a letras grandes: ninguém vai tirar o Sporting Clube de Portugal do caminho traçado! E já agora escrevam também: queiram ou não queiram o futebol vai mudar. Foi FIFA, UEFA, II Liga e está já aqui à porta! Toda a lógica mesquinha do poder dos bastidores está a ser desmascarada e sei (agora eu) de fonte segura que o tempo da impunidade está a acabar", sublinhou.

COm Lusa

  • Bruno de Carvalho acalma adeptos em Alvalade e ataca no Facebook
    1:40

    Benfica Tricampeão

    Em Alvalade, esta madrugada houve alguns momentos de tensão entre os adeptos sportinguistas e a polícia. Os confrontos terão ocorrido depois da saída do presidente do Sporting do estádio, depois de Bruno de Carvalho e a equipa terem sido recebidos por milhares de adeptos. Já esta manhã, Bruno de Carvalho escreveu no Facebook que é hora de deixar os cães de fila falar.

  • Eurogrupo dá luz verde ao Orçamento do Estado
    0:29

    Orçamento do Estado 2017

    O Orçamento português passou no Eurogrupo mas os ministros das Finanças alertam que podem ser precisas mais medidas para cumprir as metas e em março vão voltar a olhar para as contas. Para já, estão satisfeitos com o compromisso assumido por Mário Centeno e mais sete ministros da zona euro, cujos Orçamentos estão em risco de incumprimento.

  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados".Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.

  • "A nossa guerra não deixou heróis, só vilões e vítimas"
    5:26

    Mundo

    Luaty Beirão é o rosto mais visível de um movimento de contestação ao regime angolano que começou em 2011, ano da Primavera árabe. Mas a par dos 15+2, mediatizados num processo que os condenou por lerem um livro, outros activistas arriscam diariamente a liberdade. A SIC esteve em Luanda e falou com o advogado Adolfo Campos e com os músicos Carbono Casimiro, Mona Dya Kidi e David Salei. Já todos estiveram presos. Já todos foram vítimas de violência policial. Defendem que "a geração anterior comprometeu o país" e acreditam que só a mudança política pode trazer um futuro melhor. Para estes jovens activistas, a guerra que arrasou o país, e com que o regime justifica tudo, não deixou heróis, apenas "vilões e vítimas".

  • Homem e cão resgatados das águas na Andaluzia
    0:32