sicnot

Perfil

Benfica Tetracampeão

Benfica Tetracampeão

Benfica Tetracampeão

Adeptos pintam o Rossio da cidade de Viseu de encarnado

ESTELA SILVA

O Rossio da cidade de Viseu está este sábado pintado de vermelho, com a concentração de quase dois mil adeptos do Benfica a festejarem a conquista do 36.º campeonato nacional de futebol e o primeiro tetra da história do clube.

A festa começou a desenhar-se cedo na praça mais nobre da cidade de Viseu, onde foi colocado um ecrã gigante, a poucos metros do edifício da Câmara Municipal.

As buzinas e os petardos começaram a ouvir-se ainda decorria a primeira parte da partida, já os 'encarnados' venciam o Vitória de Guimarães por larga vantagem, para regozijo dos seus adeptos, que com o aproximar do final do jogo eram cada vez em maior número.

Depois do apito para o final da partida todos os caminhos foram dar ao 'coração' da cidade de Viseu, onde os benfiquistas eram quase dois mil por volta das 21:00. Vestidos a rigor, com cachecóis e camisolas com o emblema da águia ao peito, a alegria irradiava dos rostos dos 'foliões', desde os mais novinhos aos mais habituados a estas andanças.

"Hoje o Benfica fez história, é a primeira vez que é tetra campeão. O Benfica é o nosso grande amor", apontou Carlos Santos, de cachecol erguido. Entre cânticos e ensurdecedoras buzinadelas, este ano não houve mergulhos na fonte luminosa, por se encontrar sem água, apesar de muitos escolherem este ponto para a festa.

O "mar de gente" continua em clima de grande entusiasmo, antevendo-se que a festa seja para durar noite dentro. O Benfica conquistou hoje o 36.º título de campeão nacional de futebol da sua história, o quarto consecutivo, ao vencer na receção ao Vitória de Guimarães, por 5-0, em jogo da 33.ª e penúltima jornada da I Liga, contabilizando 81 pontos, mais oito do que o FC Porto, que conta menos um jogo.

Lusa

  • "Sobre este pântano, não é possível jogar futebol seriamente na próxima época"
    4:46

    Opinião

    David Borges esteve esta quinta-feira, na Edição da Noite, da SIC Notícias, onde analisou as acusações do FC Porto ao Benfica, no caso dos e-mails. O comentador da SIC disse que falta saber se "tudo é verdade" e se os documentos são verdadeiros, o que compete ao Ministério Público apurar. David Borges defendeu ainda que era "bom" que a investigação decorresse de forma rápida e profunda; e não acredita que perante a polémica, se consiga jogar "futebol seriamente", na próxima época.

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Metade dos moradores de Sandinha recusaram sair das casas
    3:14
  • Habitantes de Várzeas tentam regressar à normalidade
    2:48
  • Corpos da tragédia em Pedrógão guardados em camião de alimentos
    8:11

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Duarte Nuno Vieira, médico legista, esteve esta quinta-feira, na Edição da Noite, para comentar o que já foi feito e o que falta fazer em Pedrógão Grande, depois de ter sido atingido pelos incêndios. O presidente do Conselho Europeu de Medicina Legal defendeu que guardar os corpos das vítimas mortais num camião de alimentos foi uma "maneira de solucionar o problema da forma possível", visto que não há espaço no Instituto Nacional De Medicina Legal.

  • Trump volta a garantir que não tentou interferir na investigação do FBI
    0:17

    Mundo

    O Presidente dos EUA reitera que não tentou interferir na investigação do FBI em relação às alegadas interferências da Rússia nas eleições presidenciais. Questionado sobre as gravações das conversas que manteve com o ex-diretor da polícia de investigação, James Comey, Donald Trump prometeu esclarecimentos num futuro breve.

  • "A informação pode ter saído depois da hora do exame de Português"
    1:19

    País

    O presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais diz que é preciso aguardar pelas conclusões do relatório sobre a alegada fuga de informação do exame nacional de Português. Jorge Ascensão defende que a investigação deve causar o mínimo de impacto aos alunos que realizaram a prova.