sicnot

Perfil

Benfica Tetracampeão

Benfica Tetracampeão

Benfica Tetracampeão

Rebentamento de petardos agita a multidão no Marquês de Pombal

Lisboa

ANT\303\223NIO PEDRO SANTOS

Alguns adeptos do Benfica deflagraram petardos e outros objetos pirotécnicos na multidão concentrada no Marquês de Pombal, em Lisboa, provocando clareiras temporárias nas comemorações do 36.º título de campeão nacional de futebol.

O espaço central da capital portuguesa está praticamente cheio e os seis pontos de acesso ao local igualmente repletos, ainda com centenas de pessoas a tentarem chegar ao Marquês de Pombal, constatou a Lusa no local.

Em dois destes pontos, na Rua Braamcamp e na Rua Joaquim Augusto de Aguiar, alguns adeptos 'encarnados' deflagram fumos coloridos e tochas antes de iniciarem a revista.

O subcomissário da Polícia de Segurança Pública (PSP) Hugo Abreu tinha estimado a presença de mais de 200 mil adeptos do Benfica no Marquês de Pombal, com base nas estimativas referentes aos festejos do tricampeonato 'encarnado', em 2016.

Hugo Abreu explicou que a PSP, nos seis pontos de acesso ao local, fez "revistas minuciosas, para ver se os adeptos traziam objetos proibidos", como facas, correntes ou objetos pontiagudos ou perfurantes, garantindo que ainda não houve incidentes, nem uso de material pirotécnico.

À agência Lusa, Hugo Abreu garantiu que "a PSP quer assegurar que quem entra no recinto pode festejar em segurança", Hugo Abreu explicou que o dispositivo envolve centenas de agentes, entre os quais a divisão de trânsito, unidades de investigação criminal, unidades metropolitanas de informações desportivas ('spotters'), com apoio com unidade especial de polícia, nomeadamente corpo de intervenção e agentes com cães.

O Benfica conquistou hoje o 36.º título de campeão nacional de futebol da sua história, o quarto consecutivo, ao vencer na receção ao Vitória de Guimarães, por 5-0, em jogo da 33.ª e penúltima jornada da I Liga, contabilizando 81 pontos, mais oito do que o FC Porto, que conta menos um jogo.

Lusa

  • Vaca algarvia em risco de extinção
    3:42

    País

    É uma corrida contra o tempo e o risco iminente de extinção. Numa altura em que são conhecidos apenas cinco exemplares da raça bovina algarvia, a inseminação artificial parece ser a única forma de evitar o desaparecimento completo de uma raça que foi desaparecendo com as mudanças na agricultura.