sicnot

Perfil

Caso Bial

Caso Bial

Caso Bial

Um dos cinco voluntários do ensaio clínico da Bial já teve alta

Uma das cinco pessoas que se encontravam ainda hospitalizadas em França, depois de terem participado num ensaio clínico com uma droga da farmacêutica portuguesa Bial, recebeu alta e regressou a casa, indicou hoje a empresa.

© Stephane Mahe / Reuters

O voluntário em causa, "que não apresentava quaisquer sintomas, já regressou a casa", indicou a farmacêutica em comunicado, acrescentando ter a "indicação de que os exames médicos realizados" aos restantes quatro voluntários, que ainda estão internados, "apresentam um quadro positivo".

Dois voluntários "já foram transferidos para hospitais das suas áreas de residência", continuando internados outros dois no Hospital Universitário de Rennes.

Um participante no ensaio clínico, na fase I, morreu no domingo, depois de declarada morte cerebral.

Ao todo, foram hospitalizados seis voluntários, que, segundo a agência noticiosa francesa AFP, receberam a dose mais elevada da molécula produzida pela Bial, testada em França pelo laboratório Biotrial.

O ensaio clínico visava testar um novo medicamento para tratar perturbações do humor como a ansiedade.

De acordo com o comunicado da Bial, o teste abrangeu 116 voluntários saudáveis, "dos quais 84 tomaram o composto experimental previamente, não tendo apresentado qualquer efeito secundário grave ou moderado".

A farmacêutica adianta que a medicação foi suspensa "a todos os participantes no ensaio", assim que tomou conhecimento de "um efeito adverso grave" num dos voluntários, a 11 de janeiro.

A Bial reitera que está a colaborar com as autoridades e entidades francesas para o apuramento das causas do incidente, assegurando que "não existe qualquer outro ensaio a decorrer com a molécula experimental" e que, até ao apuramento das causas, "não iniciará qualquer ensaio com este composto".

Lusa

  • "A vitória de Bruno de Carvalho pode ser uma vitória de Pirro"
    1:01
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    As eleições para a presidência do Sporting realizam-se no próximo sábado e os comentadores d'O Dia Seguinte avaliaram já as hipóteses de vitória dos candidatos. Rui Gomes da Silva considera que a gravação que implicava José Maria Ricciardi não vai influenciar a decisão de voto. Já Paulo Farinha Alves acredita que Bruno de Carvalho vai vencer a eleição. Contudo José Guilherme Aguiar avisa as eleições podem não trazer estabilidade ao Sporting.

  • SIC revela relatório que provava falência do GES
    2:06
  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26
  • Vulcão Etna em erupção
    1:34
  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22
  • Como a maioria de Esquerda gere as votações
    2:15

    País

    A gestão entre os partidos é feita diariamente mas nem sempre PCP e Bloco de Esquerda têm votado ao lado do Governo. A SIC ouviu um politólogo, que diz que o objetivo é cada um salientar as diferenças que os separam do PS. No entanto, também há exemplos que provam que nenhum dos partidos quer pôr em causa a estabilidade política.