sicnot

Perfil

Caso Maddie - 10 anos

Caso Maddie - 10 anos

Caso Maddie - 10 anos

Documentário promete novas provas sobre o desaparecimento de Maddie McCann 

Stringer .

Os criadores de um documentário sobre o desaparecimento de Maddie McCann dizem ter feito novas descobertas que podem contribuir para um avanço nas investigações. No entanto os autores dizem que só entregam as provas à polícia, depois do documentário se tornar público, o que acontece já no próximo domingo, no canal de televisão australiano Channel 7.

Esta quinta-feira foi publicado um vídeo de 40 segundos a explicar que existia um novo documentário e que iria ser transmitido no dia 23 de abril no programa Sunday Night.

De acordo com o jornal britânico Daily Star, assim que os pais de Maddie souberam da notícia pediram que as provas fossem entregues "imediatamente" à polícia.

No Sunday Night vão estar presentes os pais da Maddie, Kate e Gerry McCann, um amigo do casal que estava presente no dia do desaparecimento, um repórter inglês, um cientista forense, uma criminologista e o ex-inspetor da Polícia Judiciária, Gonçalo Amaral.

Maddie desapareceu na noite de quinta-feira, 3 de maio de 2007, num apartamento da praia da Luz, no Algarve, onde tinha sido deixada sozinha com os dois irmãos gémeos de dois anos.

Os pais terão deixados os três filhos já na cama e foram jantar a cerca de 100 metros de distância, com alguns amigos, no restaurante Tapas Bar da Luz Ocean Club.

Perto das 21h00 o pai Gerry verificou que os filhos se encontravam bem. Pouco tempo depois, perto das 21h30 um amigo que passava férias com o casal McCann também foi verificar as crianças. Às 22h00 a mãe de Maddie terá entrado no quarto e viu que a cama da filha estava vazia e as janelas estavam abertas.

Esta semana a ama que cuidou dos filhos do casal McCann durante as férias no Algarve falou pela primeira vez. Em entrevista ao jornal britânico Mirror, revelou que Kate "chorava, num estado quase catatónico e o Gerry estava em agonia. A única coisa que me lembro dele é vê-lo a procurar debaixo de carros”.

A mulher, cuja identidade não foi revelada, fez ainda duras críticas às autoridades portuguesas afirmando que demoraram 90 minutos a chegar ao local. A ama que trabalhava em 2007 na praia da Luz diz ter esperança que Maddie esteja viva e que no melhor dos cenários "tenha sido levada por uma pessoa rica e sem filhos".

No próximo mês fará 10 anos que a menina de três anos desapareceu do aldeamento turístico no Algarve.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras