sicnot

Perfil

Caso CGD

Caso CGD

Caso CGD

Passos Coelho diz que comissão de inquérito à CGD vai ser constituída este ano

O presidente do PSD, Passos Coelho, disse hoje em São Paulo, no Brasil, que a comissão de inquérito defendida pelo seu partido para investigar alegados atos ilícitos na Caixa Geral de Depósitos (CGD) será constituída ainda nesta sessão legislativa.

M\303\201RIO CRUZ

"Não depende da vontade da maioria do Parlamento constituir a comissão. Ela pode ser formada por iniciativa do meu partido. Um requerimento será ultimado nos próximos dias e a comissão vai ser formada ainda nesta sessão legislativa" afirmou, na noite de sexta-feira (madrugada de hoje em Lisboa).

Passos Coelho declarou que o PSD defende a comissão de inquérito na CGD para gerar confiança dentro do sistema financeiro e sistema bancário português.

"O maior banco de Portugal não pode viver numa espécie de clima de suspensão. Essa ideia não vem sendo alimentada por mim ou pelo meu partido, mas pela comunicação social que está a passar notícias semanalmente que dão conta da necessidade de que haja uma capitalização muito avultada no banco", defendeu.

Passos Coelho fez questão de negar a tese de que o banco está numa posição de grande fragilidade em função de práticas comerciais desenvolvidas nos últimos anos.

"Isto não é verdade. A única maneira de criarmos confiança no sistema e na própria instituição é pôr tudo em pratos limpos. Eu tenho pena que o Governo não apoie esta campanha. Mas já que isto não resulta de um intensão do Governo, o Parlamento tem a obrigação de o fazer", destacou.

Questionado pela Lusa sobre declarações do primeiro-ministro, António Costa, que disse também na sexta-feira não lhe passa pela cabeça investigar ações do Governo e de entidades regulatórias em anos anteriores, mas resolver os problemas que a CGD tem agora, o líder do partido social-democrata preferiu não se pronunciar.

Lusa

  • PSD vai impor comissão de inquérito sobre CGD

    Caso CGD

    O líder da bancada social-democrata anunciou hoje que o PSD vai impor a constituição de uma comissão de inquérito parlamentar para "apurar responsabilidades de governos e de administrações" em relação à Caixa Geral de Depósitos.

  • Marcelo recusa comentar comissão parlamentar à CGD
    2:40

    Caso CGD

    O Presidente da República voltou a recusar comentar a criação da comissão parlamentar à Caixa Geral de Depósitos. Em Espinho, onde assinalou o aniversário da cidade, Marcelo Rebelo de Sousa esteve sempre acompanhado pelo líder parlamentar do PSD, a quem fez rasgados elogios. Marcelo deixou votos de muito sucesso político a Luís Montenegro.

  • Comissão de inquérito à CGD criticada por dois antigos ministros das Finanças
    2:00

    Caso CGD

    O pedido do PSD de uma Comissão de Inquérito à situação da Caixa Geral de Depósitos, está a ser criticado por dois antigos ministros das Finanças, do PSD e do CDS. Manuela Ferreira Leite considera a comissão importuna e diz que o banco está a ser usado como uma arma de arremesso político. Bagão Félix diz-se surpreendido com o estado a que chegou a Caixa Geral de Depósitos.

  • Manuela Ferreira Leite considera comissão de inquérito à CGD inoportuna
    2:28

    Economia

    Os problemas na Caixa Geral de Depósitos (CGD) estão provocar uma guerra política e uma troca de acusações. O PSD decidiu pedir uma comissão de inquérito que está a ser criticada dentro do próprio partido, por dois antigos ministros das Finanças. Bagão Félix diz que está surpreendido e Manuela Ferreira Leite alerta que, neste momento, uma investigação não faz sentido.

  • Comissão de inquérito à CGD em análise
    6:23

    Opinião

    Os problemas na Caixa Geral de Depósitos estão a provocar uma guerra política devido à intenção do PSD de pedir uma comissão de inquérito. José Gomes Ferreira afirma que este é um problema maior do que o Banif e que "está tudo com medo, agora aguentem as responsabilidades". Por sua vez, Ricardo Costa diz que uma comissão de inquérito à CGD ou a qualquer outro banco são questões bastante diferentes.

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.