sicnot

Perfil

Caso CGD

Plano de reestruturação da Caixa deve ter "amplo consenso nacional"

Plano de reestruturação da Caixa deve ter "amplo consenso nacional"

O Presidente da República insiste que plano de reestruturação da Caixa deve ter "amplo consenso nacional". Marcelo rebelo de Sousa não quis comentar a realização de uma comissão de inquérito ou uma auditoria forense.

"É importante que o plano de reestruturação que venha a ser apresentado seja um plano que mereça um consenso nacional, trata-se de uma grande instituição que todos acham que deve continuar uma instituição portuguesa, pública e forte", afirmou o chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, em declarações aos jornalistas no final de uma visita ao Hospital das Forças Armadas, em Lisboa.

Questionado se está preocupado com o que se passa no banco público e como vê as notícias sobre a realização de uma comissão parlamentar de inquérito ou de uma auditoria forense à instituição, Marcelo Rebelo de Sousa escusou-se a pronunciar-se sobre o que o parlamento "está a fazer ou vai fazer".

Além disso, acrescentou, a Assembleia da República "é livre de fazer" o que entender e essas questões nada têm que ver com o chefe de Estado, "uma vez que não é uma lei que tenha de promulgar".

O Presidente da República insistiu que para a CGD continuar a ser "portuguesa, pública e forte" deve ter um plano de reestruturação "bem sucedido e baseado num amplo consenso nacional".

Marcelo Rebelo de Sousa foi ainda questionado sobre a inspeção realizada ao Colégio Militar, mas escusou-se a fazer qualquer comentário, alegando não conhecer ainda o relatório.

Segundo um comunicado hoje divulgado pelo Exército, a inspeção realizada ao Colégio Militar não detetou situações de discriminação mas o Exército decidiu criar um grupo de trabalho para rever os regulamentos internos visando minimizar os riscos.

O Presidente da República foi também interrogado sobre a conversa que teve na segunda-feira com um palestiniano no Centro de Acolhimento do Conselho Português para os Refugiados, onde voltou a sugerir que só pensa fazer um mandato em Belém, mas voltou a repetir que só decidirá mais tarde.

"É uma matéria que só será decidida mesmo na parte final deste mandato", afirmou.

  • PSD já entregou no Parlamento pedido formal para criação de comissão de inquérito
    2:05

    Caso CGD

    O PSD já entregou no Parlamento o pedido formal para a criação de uma comissão de inquérito à Caixa onde quer averiguar a real necessidade de injectar dinheiro no banco. O Bloco de Esquerda não quis alinhar naquilo a que chama "puro jogo político", mas vai exigir ao Governo uma auditoria forense para investigar os créditos de alto risco concedidos pela Caixa desde 1996.Ao mesmo tempo, Bruxelas também está a fazer uma investigação aprofundada ao plano entregue pelo executivo.

  • Francês detido em Antuérpia "queria matar"

    Mundo

    O Presidente de França François Hollande afirmou que o francês detido esta quinta-feira por conduzir um automóvel a grande velocidade na principal rua pedonal de Antuérpia, na Bélgica, "queria matar" ou "provocar um acontecimento dramático".

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27
  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.