sicnot

Perfil

Caso CGD

Caso CGD

Caso CGD

Comissão de inquérito à CDG já tomou posse

Ferro Rodrigues deu posse, durante esta tarde, aos deputados e ao Presidente da comissão de inquérito parlamentar à Caixa Geral de Depósito, imposta pelo PSD e CDS-PP.

Na primeira reunião, o PSD avançou com um requerimento para ouvir, ainda durante o mês de julho, o ministro das Finanças, o governador do Banco de Portugal e o administrador , agora demissionário, do banco público.

A decisão sobre estas audições deverá acontecer já no próximo encontro da comissão, agendado para quinta-feira.


O inquérito parlamentar tem como objeto de análise a gestão da Caixa desde o ano 2000 e pretende abordar o processo de recapitalização.


No discurso da tomada de posse, o presidente da Assembleia da República sublinhou a importância dos inquéritos parlamentares como instrumento de avaliação dos atos de administração pública. Remetendo para a polémica criada em torno do objeto da comissão, Ferro Rodrigues fez questão de dizer que não vai pactuar com "atropelos à constituição".

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.