sicnot

Perfil

Caso CGD

Caso CGD

Caso CGD

BCE aprova nova administração da Caixa Geral de Depósitos

O Banco Central Europeu aprovou a nova administração da Caixa Geral de Depósitos. Num comunicado do gabinete do ministro das Finanças, pode ler-se que não só foi aprovada a estrutura de governação proposta pelo Governo, como tiveram parecer favorável os nomes indicados para os corpos sociais do banco do Estado.

Nos últimos dias, surgiram algumas dúvidas nomeadamente quanto à acumulação de António Domingues. Mas na nota agora divulgada, fica claro que o BCE aceita que seja ao mesmo tempo Presidente do Conselho de Administração e da Comissão Executiva porque tal é necessário no prazo de seis meses.

Já quanto a oito executivos que também acumulam funções e cujos nomes foram tornados públicos, vão ser retirados da lista. O Conselho de Administração é assim reduzido: de 19 para 11 membros.

Não há ainda data anunciada para a tomada de posse da nova administração da banco público.

  • "Desisto com muita dificuldade, só abandono a liderança se houver rebelião"
    2:39
  • Voaram tochas, engenhos pirotécnicos, garrafas na "batalha campal" de Bilbau
    1:39
  • Arqueólogos anunciam descoberta de selo com assinatura do profeta Isaías

    Mundo

    Arqueólogos israelitas afirmam ter descoberto a marca de um selo num pedaço de argila que exibe o que consideram ser a assinatura do profeta bíblico Isaías, a quem se atribui a autoria de um livro do Antigo Testamento e de vários excertos do Novo Testamento. O achado arqueológico agora divulgado poderá ser a primeira prova da existência do profeta Isaías até agora encontrada. A descoberta aconteceu em Jerusalém, próximo do local onde foi encontrada um outro selo com a impressão da assinatura do rei Ezequias de Judá.

  • Substituiria o seu café por bolotas?

    País

    Investigadores da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto (FFUP) desenvolveram um produto à base de bolotas para substituir o café, de forma a evitar os efeitos negativos que esta bebida pode ter nos consumidores.

  • Não dá mais, Brasil!
    18:00