sicnot

Perfil

Caso CGD

Caso CGD

Caso CGD

PCP diz que anterior governo "não mexeu uma palha" para reestruturar a Caixa

O deputado do PCP Miguel Tiago acusou esta quinta-feira o executivo PSD/CDS de não ter desenvolvido os esforços necessários para reestruturar e recapitalizar a Caixa Geral de Depósitos (CGD) e de ter ocultado os problemas no setor financeiro.

"O mesmo CDS que estava a meias com o PSD no Governo, e queria a CGD privada, está hoje a defender uma CGD pública", lançou o deputado comunista durante o debate sobre o banco público que decorreu na comissão permanente da Assembleia da República.

O anterior governo esteve "quatro anos a ocultar todos os problemas do sistema financeiro", considerou, apontando para os casos do Banif, do BES, da 'pesada herança' do BPN e da CGD.

Miguel Tiago acusou o governo de Passos Coelho de ser o responsável por uma "recapitalização falhada" do banco estatal e de ter estado quatro anos no poder "sem mexer uma palha para reestruturar a CGD".

E realçou: "Não me lembro em momento algum que a CGD tenha sido tão escrutinada no parlamento".

O deputado do PCP mostrou-se surpreendido com as afirmações da deputada Cecília Meireles, do CDS, que tinha criticado a forma como o executivo socialista tem lidado com a CGD desde que assumiu o poder, no final de novembro do ano passado.

"Agora que se trata de recapitalizar um banco público, o CDS está escandalizado. Da parte do PCP, o problema não é a recapitalização. É saber o que acompanha essa recapitalização", vincou.

"Queremos uma CGD mais forte. Agora, [injetar] mais capital na CGD para garantir que a CGD se contrai, despede pessoas e fecha balcões, beneficiando os bancos privados, não é a visão do PCP", rematou.

Lusa

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Proteção Civil aponta falhas do SIRESP, operadora diz que esteve à altura do fogo
    4:22
  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.