sicnot

Perfil

Caso CGD

Caso CGD

Caso CGD

Teixeira dos Santos garante que Sócrates nunca o pressionou para mudar gestão da CGD

© Hugo Correia / Reuters

O antigo ministro das Finanças Fernando Teixeira dos Santos assegurou esta quinta-feira no parlamento que nunca foi pressionado pelo então primeiro-ministro, José Sócrates, para mudar a equipa de gestão da CGD, assumindo a escolha de Santos Ferreira e Armando Vara.

"O primeiro-ministro nunca me pressionou no sentido de fazer qualquer mudança, nem de nomear fosse quem fosse para a Caixa Geral de Depósitos (CGD). Foi iniciativa minha", afirmou o ex-governante na comissão parlamentar de inquérito sobre a gestão do banco público.

Teixeira dos Santos justificou a alteração dos membros do Conselho de Administração da CGD com a "situação de alguma instabilidade em torno da liderança e da direção" que subsistia já há alguns meses antes de ter assumido funções no Governo Sócrates, e que era refletida nas "notícias e ruídos que desestabilizam as equipas".

Lusa

  • Montenegro nunca será candidato contra Passos
    0:50
  • Dijsselbloem não comenta hipótese de ser substituído por Mário Centeno
    2:41

    Mundo

    Jeroen Dijsselbloem diz que cabe ao Governo português avançar com o nome de Mário Centeno para a presidência do Eurogrupo, mas não comenta a sondagem que foi feita ao ministro das Finanças português. Ouvido esta quinta-feira no Parlamento Europeu, o Presidente do Eurogrupo esteve no centro das críticas e reafirmou que não se demite.