sicnot

Perfil

Caso CGD

Caso CGD

Caso CGD

António Domingues teria acordo com Centeno para não apresentar declarações

O anterior presidente da Caixa Geral de Depósitos teria um acordo com o ministro das Finanças para não apresentar as declarações de património e de rendimentos, no Tribunal Constitucional.

O jornal online ECO revelou esta quarta-feira a correspondência que pode comprometer Mário Centeno, uma vez que o ministro tinha dito na Comissão de Inquérito que não havia qualquer compromisso com a Administração liderada por António Domingues.

Na carta enviada a Centeno, Domingues diz que a não entrega das declarações foi uma das condições acordadas para aceitar liderar o banco público e, que só assim, foi possível formar uma equipa internacional de profissionais capazes de liderar o processo de descapitalização da Caixa Geral de Depósitos.

Ainda no mesmo documento, enviado a 15 de novembro de 2016, o ex-presidente do banco do Estado avisava Mário Centeno que a anterior Administração se demitiria caso o acordo sobre as declarações fosse furado.

  • Incêndio lavra na Serra da Estrela
    1:44
  • Ribeira de Pena passa noite em claro
    1:32

    País

    Em Vila Real, as chamas levaram ontem ao corte da A7, no troço entre Ribeira de Pena e o Arco de Baúlhe. Foi uma noite em claro, com vários focos de incêndio.

  • Um encontro português (e inesperado) em alto mar
    2:38