sicnot

Perfil

Caso CGD

Caso CGD

Caso CGD

Ministério acusa CDS de tentativa de assassinato de caráter de Centeno

O Ministério das Finanças acusou esta quinta-feira o CDS-PP de tentativa de assassinato de caráter do ministro Mário Centeno.

Numa nota da assessoria de imprensa, é garantido que o Ministério apenas respondeu a uma carta de António Domingues de 14 de novembro sobre o processo de recapitalização da CGD que estava a decorrer.

A equipa de Mário Centeno desmente que tivesse havido uma troca de correspondência sobre a não entrega de declarações de património por parte da equipa de gestão, ao contrário do que os dirigentes do CDS afirmaram esta quinta-feira.

  • Um problema chamado Centeno?
    2:48

    Caso CGD

    Desde o início que a gestão do processo da Caixa Geral de Depósitos deixou o ministro das Finanças debaixo de fogo. Contudo, a polémica sobre as acusações do CDS-PP não foi o único caso em que Mário Centeno esteve em foco.

  • Lobo Xavier: caso Centeno/Domingues "vai acabar mal"
    2:05

    Caso CGD

    António Lobo Xavier volta a afirmar que houve troca de informações entre o ministro das Finanças e António Domingues na questão da entrega de declarações. Na Quadratura do Círculo, o comentador disse ainda que o assunto da CGD dura há demasiado tempo e já podia estar resolvido caso o Governo tivesse tomado outra atitude.

  • Advogados de António Domingues negociaram alteração de estatutos na CGD
    4:21

    Caso CGD

    Um escritório de advogados, contratado por António Domingues, elaborou parte do decreto-lei que alterou o estatuto dos gestores da Caixa Geral de Depósitos. O escritório negociou diretamente com o Governo em nome do Governo, mas o acordo a que chegaram acabou por não garantir a dispensa de entrega das declarações de rendimentos ao Tribunal Constitucional.

  • "A hipocrisia política está presente neste caso do princípio ao fim"
    7:43

    Opinião

    O CDS-PP acusou esta quinta-feira o ministro das Finanças de ter mentido na comissão de inquérito à Caixa Geral de Depósitos. Os centristas dizem que Mário Centeno pode ter cometido perjúrio e, por isso, arriscar-se a sanções penais. Em reação, o Ministério das Finanças acusou o CDS de tentativa de assassinato de caráter do ministro. O tema esteve em análise no Jornal da Noite, por José Gomes Ferreira e Bernardo Ferrão.

  • "É óbvio" que os administradores da CGD têm que entregar a declaração de rendimentos
    0:53

    Caso CGD

    O Presidente da República diz que, se não houver um documento escrito assinado pelo ministro das Finanças, assume que Mário Centeno tem a mesma posição do primeiro-ministro a respeito da entrega da declaração de rendimentos dos administradores da Caixa Geral de Depósitos (CGD). Marcelo Rebelo de Sousa diz que "é óbvio" que quem está à frente do banco do Estado tem que prestar esse tipo de informação.

  • "Ou o ministro está a mentir ou António Domingues está a mentir"
    4:56

    Opinião

    O CDS-PP acusou esta quinta-feira o ministro das Finanças de ter mentido na comissão de inquérito à Caixa Geral de Depósitos. Os centristas dizem que Mário Centeno pode ter cometido perjúrio e, por isso, arriscar-se a sanções penais. Em reação, o Ministério das Finanças acusou o CDS de tentativa de assassinato de caráter do ministro. O tema esteve em análise na Edição da Noite, por Pedro Cruz.

  • Seca contribui para a redução de nutrientes no mar e está a afetar a pesca
    2:11
  • Francisco George toma posse como presidente da Cruz Vermelha Portuguesa

    País

    O ex-diretor-geral da Saúde, Francisco George toma hoje posse como presidente da Cruz Vermelha Portuguesa. Em entrevista à Lusa, manifestou a intenção de criar uma unidade para abastecimento de água potável e redução dos problemas de saneamento em catástrofes como os incêndios deste verão. Além disso, em nome da transparência, vai tornar públicas as contas do organização, incluindo os donativos.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44