sicnot

Perfil

Caso CGD

Passos acusa Governo de tratar a CGD como se fosse um banco privado

Passos acusa Governo de tratar a CGD como se fosse um banco privado

Passos Coelho diz que a polémica em torno da Caixa Geral de Depósitos resulta de um "pecado original" cometido pelo Governo ao fazer uma lei que trata o banco público como se fosse privado. Em Bragança, o líder do PSD apontou o caso como um exemplo do regresso à má política.

  • Jerónimo fala na possibilidade de privatização da CGD
    1:05

    Caso CGD

    Jerónimo de Sousa acusa a direita parlamentar de estar a criar um folhetim em torno da correspondência entre Mário Centeno e António Domingues com o intuito de privatizar a Caixa Geral de Depósitos. O secretário-geral do PCP diz que "quanto mais encanzinarem o processo de recapitalização maior a probabilidade da privatização acontecer".

  • "Acho que as pessoas olham para isto como uma garotice"
    1:13

    Opinião

    Francisco Louçã esteve esta sexta-feira na Edição da Noite da SIC Notícias. Questionado sobre as informações reveladas esta semana em torno do caso da Caixa Geral de Depósitos, Louçã diz apenas que o assunto não interessa a muita gente e que o que tem sido revelado não é propriamente uma novidade. Termina dizendo que as pessoas olham para este caso "como uma noveleta, uma garotice".

  • Vídeo mostra passagem da carrinha a alta velocidade nas Ramblas
    0:33
  • O momento em que os suspeitos foram abatidos em Cambrils
    2:35

    Ataque em Barcelona

    Em Cambrils, também na Catalunha, foram mortos cinco alegados terroristas que atropelaram várias pessoas, uma morreu e seis ficaram feridas, quando escapavam a uma perseguição policial, esta madrugada. As autoridades investigam uma eventual relação entre os dois atentados. Nota: chamamos à atenção para a violência das imagens, que podem chocar os espetadores mais sensíveis.

  • Nível de ameaça terrorista em Portugal continua moderado
    1:31

    Ataque em Barcelona

    O primeiro-ministro garantiu hoje que, para já, o nível de ameaça terrorista em Portugal não vai ser alterado (o nível está no 4 em 5). Já o Presidente da República disse que não há tolerância possível e garante que há medidas preparadas caso o mesmo cenário venha a acontecer em Portugal.

  • Duas frentes "preocupantes" no concelho de Mação

    País

    A Proteção Civil chegou a dizer que a situação estava mais calma em Mação, mas durante a tarde desta sexta-feira surgiram duas frentes "preocupantes" junto às populações de Vale de Abelha e Ortiga, informou o presidente da Câmara.