sicnot

Perfil

Caso CGD

Caso CGD

Caso CGD

São Bento "não gostou" do comunicado de Marcelo

Notícia SIC

ANDR\303\211 KOSTERS

O comunicado da Presidência da República sobre Mário Centeno e polémica da CGD terá sido recebido "sem agrado" em São Bento. Em Belém, é referido o "comportamento censurável" do ministro. O gabinete do primeiro-ministro desmente desagrado.

Horas depois de ter sido conhecida a posição do Presidente da República, fontes próximas de Belém garantem à SIC que o Primeiro-ministro "não gostou" da posição assumida pelo chefe de Estado. Um desagrado que António Costa terá deixado claro a Marcelo. No entanto, à SIC, o gabinete do primeiro-ministro assegura que não qualquer desconforto ou desagrado com a comunicação de Belém.

Nas várias conversas que existiram entre António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa, o Primeiro-ministro defendeu que Mário Centeno não devia ser demitido, e, segundo as mesmas fontes, terá feito “vários elogios” ao ministro das Finanças. Mas em Belém a posição assumida é que Centeno teve um "comportamento censurável" e que se o “PR tivesse insitido” ele acabaria por sair.

Fontes próximas do Presidente garantem que a partir de agora Marcelo está de "olho vivo" no titular das pasta das Finanças. Mais: o ministro “não pode achar que tem folga” e passa a estar em "exame". As mesmas fontes explicam à SIC que o Presidente considera que o ministro devia ter dado explicações há vários meses, reconhecendo que Centeno só fica no cargo porque a sua demissão teria impactos sérios na estabilidade financeira do país e na frente externa. Em Belém, aliás, é recordada a demissão de Vítor Gaspar para lembrar esses efeitos negativos.

No comunicado de Belém, Marcelo invoca o "estrito interesse nacional, em termos de estabilidade financeira" para justificar a manutenção de Mário Centeno na pasta. Na Presidência defende-se aliás que este é um argumento "maior" que servirá para "salvar" Centeno mesmo que surjam as SMS que terão sido trocadas entre o ministro e António Domingues. Logo se verá.

  • Dirigentes do PS criticam comunicado de Marcelo

    País

    Depois das críticas do PSD a Marcelo Rebelo de Sousa, é a vez de o PS questionar as declarações do Presidente da República. O dirigente socialista Porfírio Silva aconselha Marcelo a "respeitar os poderes próprios e os órgãos de soberania".

  • "Erro de perceção mútuo" entre Centeno e Domingues
    1:58

    Caso CGD

    No arranque de mais uma semana com o ministro das Finanças debaixo de fogo por causa da CGD, António Costa reafirma total confiança em Mário Centeno. O ministro das Finanças reafirmou esta segunda-feira que nunca mentiu e que nunca houve acordo para isentar os administradores da Caixa Geral de Depósitos, de apresentarem as declarações de rendimentos e património ao Tribunal Constitucional.

  • Ministro das Finanças debaixo de fogo
    1:10

    Caso CGD

    Horas antes das explicações do ministro das Finanças, o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares saiu em defesa de Mário Centeno, numa entrevista ao jornal online Eco. Ao mesmo tempo, o PSD pedia a presença de António Domingues, de novo no Parlamento, para esclarecer se houve ou não um acordo que o dispensasse da entrega de declarações. Os sociais-democratas não acreditam nas palavras do ministro das Finanças.

  • As primeiras reações à morte de Chester Bennington

    Cultura

    Chester Bennington, vocalista da banda de metal alternativo Linkin Park, morreu esta quinta-feira em casa em Palos Verdes Estates, no estado da Califórnia, nos EUA. Várias celebridades já reagiram à morte do músico de 41 anos. Segundo o TMZ, o cantor da banda norte-americana suicidou-se.

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26
  • O. J. Simpson vai sair em liberdade condicional

    Mundo

    A antiga estrela de futebol americano O. J. Simpson vai sair em liberdade condicional, depois de ter cumprido nove anos de prisão num estabelecimento prisional do estado do Nevada, nos Estados Unidos.

  • Filho do leão Cecil também foi abatido por um caçador

    Mundo

    Xanda pode ter tido o mesmo fim que o seu pai, o leão Cecil, que em 2015 foi abatido por um caçador, no Zimbabué. Na altura, a morte de Cecil tomou proporções inéditas, chegando uma imagem do leão a ser projetada na fachada do Empire State Building. Agora, Xanda terá sido abatido a tiro por um caçador de troféus.