sicnot

Perfil

Caso CGD

"Acesso do Parlamento a SMS pode ser limite difícil de ultrapassar"

"Acesso do Parlamento a SMS pode ser limite difícil de ultrapassar"

A Direita acusa Mário Centeno de ter perdido toda a credibilidade e autoridade. O ministro esteve esta quarta-feira no Parlamento, numa audição para falar de Orçamento e finanças, mas a polémica da Caixa acabou por marcar a sessão. O tema esteve em análise na Edição da Noite, por David Dinis, diretor do jornal Público.

  • "Temos um ministro de autoridade arrasada"
    1:36

    Caso CGD

    A direita acusa Mário Centeno de ter perdido toda a credibilidade e autoridade. O ministro esteve esta quarta-feira no Parlamento, numa audição para falar de orçamento e finanças. No entanto, a polémica da Caixa Geral de Depósitos acabou por marcar a sessão. Centeno ignorou todas as perguntas.

  • "É o único assunto a que PSD e CDS se podem agarrar para fragilizar o Governo"
    5:03

    Caso CGD

    A Direita acusa Mário Centeno de ter perdido toda a credibilidade e autoridade. O ministro esteve esta quarta-feira no Parlamento, numa audição para falar de Orçamento e finanças, mas a polémica da Caixa acabou por marcar a sessão. O tema esteve em análise no Jornal da Noite. Bernardo Ferrão considera que a posição do ministro já está fragilizada mas defende que este é o único assunto a que PSD e CDS-PP se podem agarrar para fragilizar o Governo.

  • Esquerda diz que é inconstitucional pedir SMS trocadas entre Centeno e Domingues
    2:38

    Caso CGD

    No Parlamento, esta quarta-feira foi passada em alta tensão, com PSD e CDS em guerra aberta contra a maioria de Esquerda. PS, BE e PCP dizem que é inconstitucional pedir as SMS trocadas entre António Domingues e o ministro das Finanças. A Direita reagiu, perguntando o que escondem a maioria e o Governo e desafia mesmo Mário Centeno a revelar as mensagens.

  • Enfermeiros especialistas em saúde materna retomam protesto 

    País

    Os enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia voltam quinta-feira de manhã a interromper as funções especializadas, o que pode afetar blocos de parto e maternidades. Queixam-se de "falta de resposta política adequada" e "ausência de acordos sérios".

  • Cristas vaiada em bairro de Chelas
    1:44

    Autárquicas 2017

    Assunção Cristas promete mudanças na Gebalis, a empresa municipal que gere os bairros sociais em Lisboa. Esta manhã, a candidata do CDS à câmara visitou um bairro de Chelas, onde foi vaiada por alguns populares.

  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • "Em vez de ajudarem, estavam a tirar fotos dela a morrer"
    1:13
  • Criança irrequieta domina noticiário britânico
    1:19