sicnot

Perfil

Caso CGD

Polémica sobre a CGD "é uma questão encerrada"

Polémica sobre a CGD "é uma questão encerrada"

Para Marcelo Rebelo de Sousa, a polémica sobre a Caixa Geral de Depósitos é uma questão encerrada. O Presidente da República reafirmou esta quarta-feira ao final da tarde o que já tinha dito durante a manhã, mas aos jornalistas não comenta o acesso que teve às mensagens entre Mário Centeno e António Domingues.

  • "O que eu tinha a dizer, está escrito"
    0:56

    Caso CGD

    O Presidente da República diz que tudo o que tinha a dizer sobre a troca de SMS com o ministro das Finanças está escrito na nota da presidência. Marcelo Rebelo de Sousa diz que o Presidente nem sempre agrada a todos os partidos, mas tem de definir a sua posição.

  • PR mudou de atitude depois de conhecer SMS entre Centeno e Domingues
    1:52

    Caso CGD

    O conteúdo das mensagens escritas trocadas entre Mário Centeno e António Domingues enfureceu o Presidente da República contra o ministro das Finanças. Segundo os jornais Público e Diário de Notícias, Marcelo Rebelo de Sousa mudou radicalmente de atitude depois de, no último fim de semana, António Lobo Xavier lhe ter mostrado SMS enviados por Centeno a Domingues quando este ainda negociava o convite para presidente da Caixa Geral de Depósitos.

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • Estarão os portugueses a consumir vitamina D em excesso? 
    6:44
  • Investigadores criam nanovacina contra diferentes cancros

    Mundo

    Investigadores da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, desenvolveram uma nanovacina (vacina administrada através de partículas microscópicas) contra diferentes cancros, como o da pele, do cólon e do reto, numa experiência com ratos, revela um estudo publicado esta segunda-feira.