sicnot

Perfil

Caso CGD

"Temos um ministro de autoridade arrasada"

"Temos um ministro de autoridade arrasada"

A direita acusa Mário Centeno de ter perdido toda a credibilidade e autoridade. O ministro esteve esta quarta-feira no Parlamento, numa audição para falar de orçamento e finanças. No entanto, a polémica da Caixa Geral de Depósitos acabou por marcar a sessão. Centeno ignorou todas as perguntas.

  • Polémica sobre a CGD "é uma questão encerrada"
    0:41

    Caso CGD

    Para Marcelo Rebelo de Sousa, a polémica sobre a Caixa Geral de Depósitos é uma questão encerrada. O Presidente da República reafirmou esta quarta-feira ao final da tarde o que já tinha dito durante a manhã, mas aos jornalistas não comenta o acesso que teve às mensagens entre Mário Centeno e António Domingues.

  • Polémica da CGD marca debate na AR
    1:55

    Caso CGD

    A polémica na Caixa Geral de Depósitos marcou o debate desta quarta-feira na Assembleia da República. O PSD deixou uma pergunta a Mário Centeno, se tinha ou não o aval do primeiro-ministro para que António Domingues não entregasse a declaração de rendimentos. O CDS acusou a esquerda de impôr a lei da rolha ao chumbar o acesso às mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e o ex-presidente da CGD.

  • "Exercício de governação não é um comício"

    Caso CGD

    O ministro das Finanças afirmou esta quarta-feira no parlamento que "o exercício de governação não é um comício", respondendo ao CDS que citou o líder parlamentar socialista, que disse que não escolheria Mário Centeno para orador num comício.

  • "Esta inibição é própria de regimes totalitários"
    1:07

    Caso CGD

    PSD e CDS desafiam PS, PCP e Bloco para até às 18h00, altura da reunião da comissão parlamentar de inquérito à Caixa Geral de Depósitos, os partidos respondam sobre a decisão de chumbar o acesso às comunicações entre Mário Centeno e António Domingues. A direita considera que é um boicote democrático e que provoca um ambiente insuportável no país.

  • Luaty Beirão satisfeito com sinais de mudança de paradigma em Angola
    4:03

    Mundo

    Sete meses depois da tomada de posse de João Lourenço como presidente de Angola, o país vive um tempo de revoluções. Mudanças inéditas que, nas palavras do ativista Luaty Beirão, permitem ter esperança num futuro melhor. O músico esteve em Lagos, a convite da Câmara Municipal, para falar sobre Livros e Liberdade.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27