sicnot

Perfil

Caso CGD

PSD e CDS "não descansam enquanto não matarem a CGD"

PSD e CDS "não descansam enquanto não matarem a CGD"

O presidente e líder parlamentar do PS acusa a direita de dar importância a "mexericos que alimentam a guerrilha partidária". É a reação de Carlos César à nova comissão de inquérito à Caixa, iniciativa do PSD e CDS.

O PS avisou hoje PSD e CDS que pode recusar a criação de uma comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos (CGD) que não respeite a Constituição, a lei e os regulamentos do Parlamento.

Questionado por duas vezes sobre se o PS aceitaria a divulgação das SMS trocadas entre Mário Centeno e António Domingues numa eventual nova comissão de inquérito, depois de, com o PCP e o Bloco, ter recusado essa hipótese na comissão ainda em funções, César deu a mesma resposta: "o que for proposto no sentido do apuramento da verdade ou de qualquer circunstância que respeite a lei e a Constituição é aceite por nós. Aquilo que conflituar com a Constituição, a lei e os regulamentos da Assembleia não será aceite".