sicnot

Perfil

Caso CGD

Caixa reavalia balcões a fechar

Caixa reavalia balcões a fechar

A Administração da Caixa Geral de Depósitos confirmou à SIC que se mantém o número previsto de balcões a encerrar, ou seja, os 180 negociados com Bruxelas. Mas os critérios mudaram e vão ter em conta outros fatores como a distância. Certo é que nenhum concelho do país vai ficar sem a presença do banco público. 

Nos próximos três anos, a Caixa Geral de Depósitos vai mesmo encerrar 180 balcões em todo o país, tal como foi negociado com Bruxelas.

A SIC confirmou junto da administração do banco público e o que está a ser revisto são os critérios para os encerramentos, que não vão ser apenas financeiros.

O jornal Expresso avança que um dos critérios será a distância entre agências, as facilidades de acesso e a existência, ou não, de outros serviços bancários.

Certo, para já, é que nenhum concelho vai ficar sem agências. E onde não houver balcões, a presença do banco estará assegurada quanto mais não seja com uma caixa multibanco.

A restrituração da Caixa é uma questão sensível para os partidos políticos.

O primeiro-ministro diz que é preciso dar autonomia à administração de Paulo Macedo. O ministro das Finanças não tem dúvidas de que todos terão acesso a uma agência da Caixa. E o Presidente da República lembra que o essencial é manter a ligação que o banco tem tido com os portugueses.

Até ao final deste ano o banco deverá encerrar 70 balcões.

  • UGT reivindica que salário mínimo ultrapasse os 600€
    0:26

    Economia

    O secretário-geral da UGT reivindica que até 2019 o salário mínimo nacional ultrapasse os 600 euros. Este sábado, num congresso distrital na Guarda, Carlos Silva considerou que o Governo tem condições para ir mais além e voltou a defender que para o próximo ano o patamar mínimo para a negociação deve ser os 585 euros.

  • 950 militares cercam a Rocinha, no Rio de Janeiro
    2:36
  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04
  • Tony Carreira em Paris com sala cheia
    2:36

    Cultura

    O cantor Tony Carreira actuou ontem em Paris e teve sala cheia a aplaudir os temas que o tornaram conhecido há quase 30 anos. As recentes acusações de plágio não parecem afectar a popularidade do artista, que vai continuar em tournée. A Sic acompanhou o artista neste concerto.