sicnot

Perfil

Caso CGD

Habitantes de Almeida marcam novo protesto para segunda-feira

Habitantes de Almeida marcam novo protesto para segunda-feira

Os habitantes de Almeida vão estar de novo em protesto na próxima segunda-feira. A repórter da SIC Madalena Ferreira acompanhou a manifestação realizada esta quinta-feira junto às instalações da Caixa em Vilar Formoso.

  • População de Almeida admite fechar conta na CGD e recorrer a outro banco
    3:08

    Economia

    A administração da CGD confirmou ontem o encerramento da agência de Almeida e a passagem das contas bancárias para Vilar Formoso, a 16 quilómetros da sede do concelho. Ontem, dezenas de populares ocuparam pela segunda vez a agência como forma de protesto. Em Lisboa, foi cancelada a reunião entre autarcas e Paulo Macedo, presidente executivo da Caixa, que exigia a retirada dos populares que ocupavam a agência bancária como condição de conversações.Para amanhã está marcado novo protesto na agência da CGD em Vilar Formoso.

  • População de Almeida indignada com fecho de balcão da CGD
    2:38

    Caso CGD

    A agência da Caixa Geral de Depósitos de Almeida vai mesmo fechar. O banco público confirmou que, para já, a população vai ser servida pela agência de Vilar Formoso e que no futuro será instalado um ponto de apoio da 'Caixa' na Câmara Municipal ou na Junta de Freguesia. Esta terça-feira à tarde, a liderança do banco não quis receber o Presidente da Câmara de Almeida porque não foi desmobilizada a ocupação popular em frente à agência.

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11