sicnot

Perfil

Ciberataque mundial

Ciberataque mundial

Ciberataque mundial

Ciberataques causam danos anuais de 400 mil milhões euros no mundo

Kacper Pempel

Os ataques cibernéticos causam danos anuais de 50 mil milhões de euros à economia alemã e de 400 mil milhões de euros em todo o mundo, disse esta quinta-feira o presidente do Bundesbank, Jens Weidmann.

Em declarações num simpósio, Weidmann advertiu que o risco de ataques cibernéticos também pode afetar as infraestruturas e aplicações de bancos centrais europeus.

"A questão já não é se uma infraestrutura ou instituição será objeto de um ataque, mas quando ou com que frequência", disse o presidente do banco central alemão.

Weidmann explicou que o Bundesbank sofreu no ano passado este tipo de ataques em serviços através da internet, que deviam fazer cair o sistema, acrescentou que o banco se tem protegido até agora com êxito e defendeu que é necessário que o sistema financeiro otimize os seus mecanismos de proteção.

Lusa

  • Debate quinzenal com o primeiro-ministro

    País

    Dia de debate quinzenal na Assembleia da República, que deve ficar marcado pela saída de Portugal do Procedimento por Défice Excessivo. Veja aqui em direto e acompanhe a discussão no Minuto a Minuto SIC/Parlamento Global.

    Direto

  • Morreu Roger Moore

    Cultura

    O ator britânico Roger Moore, conhecido pelos filmes de James Bond e a série "O Santo", morreu hoje, na Suíça, na sequência de um cancro. Tinha 89 anos.

  • Lesados do Banif ouvidos pela PJ
    1:42

    Economia

    A Unidade de Combate à Corrupção está na Madeira para recolher depoimentos de lesados do Banif e é a primeira diligência da Polícia Judiciária depois de uma queixa apresentada por 100 ex-clientes do banco. Os ex-clientes falam de falsificação de documentos, burla e associação criminosa.

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.