sicnot

Perfil

Ciberataque mundial

Ciberataque mundial

Ciberataque mundial

Franceses desenvolvem ferramenta para restaurar arquivos afetados por ciberataque

Investigadores franceses na área da cibersegurança disseram esta sexta-feira ter desenvolvido ferramentas capazes de restaurar arquivos afetados pelo 'WannaCry', 'software' malicioso que bloqueia os computadores com sistema operativo Windows e exige um pagamento para os libertar.

Os peritos informáticos avisaram, no entanto, que as ferramentas "não são perfeitas" só sendo eficazes se os computadores não tiverem sido reiniciados desde a infeção do 'WannaCry'.

Os pesquisadores Adrien Guinet, Matthieu Suiche e Benjamin Delpy trabalharam separadamente na última semana para encontrar maneiras de decifrar os arquivos mantidos reféns através de encriptação pelo 'WannaCry', que lançou um ataque à escala global no dia 12 de maio.

O 'WannaCry' aproveita uma vulnerabilidade dos sistemas operativos Windows através da instalação de um 'software' malicioso de tipo 'ransomware', que bloqueia o computador e exige um pagamento de até 600 dólares (à volta de 540 euros) em 'bitcoins' para o libertar.

Segundo a agência Associated Press foram até agora depositados menos de cem mil dólares nas contas abertas para o pagamento dos resgates em "bitcoins", uma verba que especialistas consideram muito baixa, tendo em conta que terão sido infetados mais de 300 mil computadores em 150 países.

Lusa

  • Resgatada mais uma criança com vida após sismo em Itália
    0:30
  • Ilibados trabalhadores castigados por consulta de dados fiscais

    País

    Os funcionários da Autoridade Tributária, que tinham sido castigados por terem consultado dados fiscais, foram absolvidos. O jornal Público avançou hoje que as orientações contra as sanções a aplicar aos funcionários partiram do ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Rocha Andrade.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Repórteres fazem relato impressionante dos acontecimentos em Charlottesville
    3:40