sicnot

Perfil

Cimeira do Clima

Hollande considera escandalosos os incidentes nos protestos em Paris

Hollande considera escandalosos os incidentes nos protestos em Paris

O Presidente francês qualificou de escandalosos os incidentes nos protestos de ativistas em Paris, motivados pela Cimeira do Clima. Em Bruxelas, onde participou na reunião de líderes europeus, Hollande considerou inaceitável a ação de quem só quer perturbar a capital em vésperas do encontro mundial.

  • Cerca de 100 detidos para identificação após distúrbios em Paris
    1:52

    Cimeira do Clima

    Os confrontos no centro de Paris entre a polícia e os manifestantes, marcam este domingo. As autoridades usaram gás lacrimogénio depois de terem sido arremessados vários objectos contra a polícia que carregou sobre os manifestantes. Foram feitas dezenas de detenções. Apesar de estarem proibidas manifestações na capital francesa, centenas de pessoas saíram às ruas em protesto contra as alterações climáticas.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a lider da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleiçoes em vários países, como a Alemanha e a Holanda.