sicnot

Perfil

Cimeira do Clima

Cimeira do Clima

Cimeira do Clima

Putin pede um acordo vinculativo que continue Quioto

O Presidente russo, Vladimir Putin, transmitiu hoje a sua disponibilidade para chegar a um acordo que limite a subida da temperatura média global, que seja a continuação do protocolo de Quioto e que seja "juridicamente vinculativo".

Reuters

Reuters

© Stephane Mahe / Reuters

Durante o seu discurso na abertura da Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP21), que decorre até 11 de dezembro em Paris, Vladimir Putin insistiu que devem ser respeitados os princípios acordados nas anteriores cimeiras do clima e defendeu "um acordo juridicamente vinculativo mas que permita o desenvolvimento económico".

"Graças aos nossos esforços coletivos, acredito que chegaremos a um novo acordo que venha na continuação do protocolo de Quioto", referiu.

Salientou que a Rússia foi "um dos primeiros países do mundo" a reduzir as emissões de gases com efeito de estufa através de programas de eficiência energética e de conservação do ambiente.

Segundo números russos, a redução de emissões atingiu 70% entre 1990 e 2013, período em que o Produto Interno Bruto (PIB) da Rússia duplicou.

Devido a estes esforços, a Rússia evitou a emissão de 40 mil toneladas de dióxido de carbono e isso significa atrasar "um ano" o aquecimento global.

"É a prova de que podemos prestar atenção ao nosso crescimento económico e preocuparmo-nos com o ambiente", realçou Putin.

A COP21, que decorre entre 30 de novembro e 11 de dezembro, reúne em Paris representantes de 195 países, que tentarão alcançar um acordo vinculativo sobre redução de emissões de gases com efeito de estufa que permita limitar, até 2100, o aquecimento da temperatura média global da atmosfera a dois graus centígrados acima dos valores registados antes da revolução industrial.

Até agora, mais de 170 países já apresentaram os seus contributos para a redução de emissões, mas ainda insuficientes para alcançar a meta proposta.

Entre os assuntos pendentes estão a aceitação de um mecanismo de revisão periódica das contribuições nacionais e a existência de um só sistema, sem divisões entre países desenvolvidos e em desenvolvimento, mas com flexibilidade no tratamento, tema que, juntamente com a responsabilização dos países maiores emissores, serão aspetos mais difíceis de resolver.

Lusa

  • Ex-observador de árbitros terá informado Benfica sobre notificação a Rui Vitória
    1:57

    Desporto

    Novas revelações no caso dos e-mails, que envolve o Benfica, surgiram esta terça-feira. No Porto Canal, o diretor de comunicação do FC Porto revelou um e-mail onde um funcionário judicial e ex-observador de árbitros da Primeira Liga informa o Benfica sobre uma notificação ao treinador Rui Vitória. O e-mail foi alegadamente enviado para Paulo Gonçalves, assessor da SAD encarnada.

  • Acidente durante funeral em Miranda do Corvo causa 12 feridos
    2:39

    País

    Um acidente na zona de Miranda do Corvo fez esta terça-feira 12 feridos, um em estado grave. Foi durante um funeral, quando falharam os travões a um dos carros que seguia no cortejo, como explicou, em direto do local, o repórter Miguel Ângelo Marques.

  • Instalações militares vão ter reforço de segurança
    0:52

    Assalto em Tancos

    Depois do caso do roubo de material em Tancos, várias instalações militares vão sofrer um reforço de segurança do material que armazenam. As conclusões sobre o furto dos paióis de Tancos serviram de base às medidas anunciadas esta terça-feira pelo Ministério da Defesa. 

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Os elevadores do futuro
    7:13
  • Demências afetam 50 milhões de pessoas
    2:23

    Mundo

    Cinquenta milhões de pessoas em todo o mundo e mais de 150 mil em Portugal sofrem de demências como o Alzheimer ou o Parkinson. Oitenta especialistas de 21 países reúnem-se esta semana na Fundação Champalimau, em Lisboa, para falar deste tipo de epidemia silenciosa.

  • Maria deixa 25 mil pessoas sem eletricidade em Guadalupe
    2:24
  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC