sicnot

Perfil

Cimeira do Clima

Cimeira do Clima

Cimeira do Clima

Ban Ki-moon exorta todos os países ao compromisso para um acordo sobre o clima

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, apelou hoje a todos os países do mundo, ricos ou pobres, a demonstrarem flexibilidade e um compromisso para garantir em Paris um bom acordo sobre as alterações climáticas.

© Stephane Mahe / Reuters

"Falta ainda muito trabalho para fazer. Há questões essenciais ainda por resolver a não sobre muito tempo", disse Ban Ki-moon, em declarações aos jornalistas, antes de regressar a Paris para participar nas negociações.

Ban exortou que os países industrializados a "reconhecerem as suas responsabilidades e liderarem" o processo e às nações em vias de desenvolvimento para "fazerem mais em sintonia com as suas crescentes capacidades".

No entanto, o diplomata sul-coreano evitou pronunciar-se sobre uma das questões essenciais das discussões: se o acordo que vai sair da capital francesa deve ser juridicamente vinculativo, ou não.

O secretário-geral da ONU disse que, de momento, "discutem-se muitas ideias" nesse âmbito e sublinhou que o importante será um pacto firme, universal e com condições para ser aplicado.

Ban Ki-moon, que participou segunda-feira na abertura da cimeira de paris, disse ainda estar esperançado pelo que escutou e ouviu na sessão inaugural.

Lusa

  • Seca agrava prejuízos agrícolas no Alentejo
    2:11
  • Al Gore e Garry Kasparov vão estar na Web Summit

    Web Summit

    Al Gore, antigo vice-Presidente dos Estados Unidos da América, Garry Kasparov, lendário jogador de xadrez, e Steve Huffman, o dirigente e cofundador da rede social Reddit são os novos nomes anunciados para a 2.ª Web Summit em Lisboa.

  • Estudantes universitários poderiam estar a pagar propinas mais baixas
    2:02

    País

    Os alunos universtários poderiam estar a pagar propinas mais baixas do que pagam atualmente. A situação foi denunciada pela Federação Académica do Porto, que diz que os estudantes estão a pagar cerca de 100 euros a mais do que deviam. O INE admite, num documento enviado ao Governo, que pode existir um método melhor para o cálculo destes valores.