sicnot

Perfil

Cimeira do Clima

Cimeira do Clima

Cimeira do Clima

Acordo de Paris é "apólice de seguro para o planeta"

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, classificou hoje como uma "apólice de seguro para o planeta" o acordo sobre o clima alcançado no sábado em Paris.

© Stephane Mahe / Reuters

O acordo "pode beneficiar toda a humanidade nas futuras gerações", afirmou Ban Ki-moon, numa declaração aos jornalistas na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque, acrescentado que os países adotaram uma "decisão histórica".

O secretário-geral da ONU esteve duas vezes em Paris para seguir as negociações na Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP21), que comelaram no dia 30 de novembro e terminaram no último fim-de-semana com um acordo mundial para combater o aquecimento global.

"O acordo de Paris é uma vitória para as pessoas, para o bem comum e para o multilateralismo", considerou ainda Ban Ki-moon, acrescentando que os países reconheceram que "os interesses nacionais se cumprem melhor atuando em favor de um bem comum".

Depois de duas semanas de negociações, representantes de 195 países chegaram a um acordo legalmente vinculativo para reduzir as emissões de gases com efeito de estufa, incluindo manter o aumento da temperatura média global "bem abaixo dos dois graus centígrados (2ºC)".

Lusa

  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50
  • Primeira casa reconstruída de raiz depois dos incêndios de Pedrógão já foi entregue
    1:49
  • Saiba que efeitos causam os diferentes tipos de bebidas alcoólicas

    Mundo

    As diferentes bebidas alcoólicas alteram e moldam o estado de espírito de formas distintas, concluiu um estudo científico sobre consumo de álcool e emoções. Segundo esta pesquisa, quem ingere bebidas espirituosas pode sentir-se irritado, sexy ou triste, enquanto quem opta pelo vinho tinto ou cerveja terá mais probabilidade de se sentir descontraído.