sicnot

Perfil

Caso das Viagens

Caso das viagens está "encerrado"

"Caso fica encerrado" com reembolso das despesas

O Conselho de Ministros vai aprovar ainda durante o verão um código de conduta para membros do Governo. É a resposta do ministro Augusto Santos Silva ao caso das viagens pagas pela Galp a três secretários de Estado.

Última atualização às 17:50

Em causa estão três secretários de Estado - Rocha Andrade, João Vasconcelos e Jorge Costa Oliveira -, que foram assistir a jogos da seleção no Euro 2016 a convite pela Galp.

Os três já garantiram que asseguraram ou vão assegurar as despesas. "Ao fazê-lo, do ponto de vista do Governo o caso fica encerrado", disse esta tarde o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros.

Sem confirmar se algum dos secretários de Estado envolvidos pediu a demissão, Augusto Santos Silva admitiu que a polémica "suscitou algumas dúvidas".

Para evitar essas dúvidas, Santos Silva, que foi encarregado de gerir a crise das viagens, anunciou em conferência de imprensa que o Governo vai avançar com um código de conduta e que este será aprovado ainda durante o verão, em Conselho de Ministros.

Depois do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Rocha Andrade, soube-se do caso do secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, e agora de Jorge Costa Oliveira, secretário de Estado da Internacionalização. Os três membros do governo aceitaram assistir a jogos de Portugal no Europeu de França, às custa da Galp. Todos garantem que já pagaram ou vão pagar todas as despesas.

O Ministério Público já está a investigar o caso. Em comunicado, a Procuradoria-Geral da República confirmou que já está a recolher elementos para apurar se há, ou não, ilegalidades e procedimentos a desencadear no âmbito das competências do Ministério Público.

António Costa não comenta, PSD envia perguntas

O gabinete do primeiro-ministro informou entretanto que não comenta o caso da viagem de Rocha Andrade paga pela Galp e remeteu para as declarações do próprio secretário de Estado dos Assuntos Fiscais.

Numa pergunta que deu hoje entrada na Assembleia da República, o PSD coloca diversas questões relacionadas com o caso da viagem do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, começando por pedir a confirmação do primeiro-ministro às notícias que revelam que Rocha Andrade aceitou ofertas para assistir a jogos de futebol no estrangeiro, "de uma grande empresa que tem um litígio fiscal de muitos milhões de euros com o Estado".

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.