sicnot

Perfil

Caso das Viagens

Caso das Viagens

Caso das Viagens

Ministério Público investiga viagens de Rocha Andrade

JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

O Ministério Público está a recolher elementos sobre o caso que envolve o secretário de Estado Rocha Andrade, que viajou a convite da Galp para assistir a jogos do Euro 2016. Pelo menos outros dois governantes confirmam que fizeram o mesmo.

Última atualização às 14:03

"O Ministério Público encontra-se a recolher elementos, tendo em vista apurar se há, ou não, procedimentos a desencadear no âmbito das respetivas competências", respondeu a Procuradoria-Geral da República à SIC.

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais foi a convite da Galp assistir a dois jogos da seleção, no Europeu

Rocha Andrade anunciou ontem que vai reembolsar a petrolífera pelas viagens pagas, mas a solução não convence o CDS que exige consequências de uma situação que considera grave e reprovável. O PSD também já veio exigir esclarecimentos do Governo.

À esquerda, o PCP considera que se trata uma "atitude criticável" e o Bloco de Esquerda quer saber quantos deputados e governantes fizeram o mesmo.

O crime de recebimento indevido de vantagem pune com pena de prisão de 1 a 5 anos os titulares de cargos politicos que aceitem vantagem patrimonial ou nao patrimonial que não lhe seja devida. Rocha Andrade agarra-se no entanto a um dos pontos deste artigo que exclui as condutas socialmente adequadas e conformes aos usos e costumes.

Já hoje, a Galp esclareceu que "é comum" e "aceitável do plano ético" convidar para determinados eventos entidades com que se relaciona.

Entretanto, soube-se que outros dois membros do Governo também viajaram para assistir a jogos de Portugal às custas da Galp.

O secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, confirmou que o fez, mas esclarece que pagou um bilhete de avião.

Também Jorge Costa Oliveira, secretário de Estado da Internacionalização, integrou a lista de convidados da Galp para assistir a jogos da seleção de futebol no campeonato europeu.

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".