sicnot

Perfil

Caso das Viagens

Caso das Viagens

Caso das Viagens

Ministério Público investiga viagens de Rocha Andrade

JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

O Ministério Público está a recolher elementos sobre o caso que envolve o secretário de Estado Rocha Andrade, que viajou a convite da Galp para assistir a jogos do Euro 2016. Pelo menos outros dois governantes confirmam que fizeram o mesmo.

Última atualização às 14:03

"O Ministério Público encontra-se a recolher elementos, tendo em vista apurar se há, ou não, procedimentos a desencadear no âmbito das respetivas competências", respondeu a Procuradoria-Geral da República à SIC.

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais foi a convite da Galp assistir a dois jogos da seleção, no Europeu

Rocha Andrade anunciou ontem que vai reembolsar a petrolífera pelas viagens pagas, mas a solução não convence o CDS que exige consequências de uma situação que considera grave e reprovável. O PSD também já veio exigir esclarecimentos do Governo.

À esquerda, o PCP considera que se trata uma "atitude criticável" e o Bloco de Esquerda quer saber quantos deputados e governantes fizeram o mesmo.

O crime de recebimento indevido de vantagem pune com pena de prisão de 1 a 5 anos os titulares de cargos politicos que aceitem vantagem patrimonial ou nao patrimonial que não lhe seja devida. Rocha Andrade agarra-se no entanto a um dos pontos deste artigo que exclui as condutas socialmente adequadas e conformes aos usos e costumes.

Já hoje, a Galp esclareceu que "é comum" e "aceitável do plano ético" convidar para determinados eventos entidades com que se relaciona.

Entretanto, soube-se que outros dois membros do Governo também viajaram para assistir a jogos de Portugal às custas da Galp.

O secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, confirmou que o fez, mas esclarece que pagou um bilhete de avião.

Também Jorge Costa Oliveira, secretário de Estado da Internacionalização, integrou a lista de convidados da Galp para assistir a jogos da seleção de futebol no campeonato europeu.

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN interrompeu perto das 13:00 a leitura do acórdão iniciada pelas 10:30. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas.

  • Greve na Função Pública vai afetar escolas, saúde e cultura

    País

    A greve nacional convocada para sexta-feira pela Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública (FNSTFPS) deverá afetar as escolas, a área da saúde e ainda da cultura, entre outros serviços, afirmou esta quarta-feira a dirigente sindical, Ana Avoila.

  • Papa pede a Trump para ser pacificador
    1:12
  • Supremo confirma condenação de Messi por fraude fiscal

    Desporto

    O Supremo Tribunal de Justiça espanhol confirma a condenação de Lionel Messi por fraude fiscal. A notícia foi avançada pelo El País. O jogador do Barcelona foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros.

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.