sicnot

Perfil

Caso das Viagens

Caso das Viagens

Caso das Viagens

Costa manifesta confiança política nos secretários de Estado do "caso Galp"

SEBASTI\303\203O MOREIRA

O primeiro-ministro manifestou esta quinta-feira confiança política nos três secretários de Estado que viajaram pagos pela Galp para assistir a jogos de futebol de Portugal e recusou-se a comentar a entrevista do ministro da Economia à SIC.

António Costa foi confrontado com este tema pelos jornalistas no final de uma vista que efetuou à aldeia olímpica, onde se encontrou com diversos atletas portugueses que participam nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro.

Interrogado se os membros do seu executivo envolvidos no caso das viagens pagas pela Galp a jogos de Portugal no Europeu de futebol realizado em França poderão continuar no Governo na sequência da aprovação em Conselho de Ministros de um código de conduta, António Costa salientou a sua confiança política nos secretários de Estado dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade, da Indústria, João Vasconcelos, e da Internacionalização, Jorge Oliveira.

"Quanto ao exercício de funções dos três secretários de Estado, não há a menor das dúvidas. Quer o primeiro-ministro, quer os respetivos ministros, manifestaram total confiança política nesses três secretários de Estado que estão a desenvolver um excelente trabalho e que vão continuar a desenvolver um excelente trabalho", respondeu António Costa.

Hoje, o Conselho de Ministros aprovou um código de conduta do Governo, um instrumento que se pretende de autorregulação de natureza ética, cuja responsabilização é política, que vincula membros do executivo, dos gabinetes e indiretamente dirigentes superiores da Administração Pública.

Questionado sobre os objetivos do código de conduta hoje aprovado em Conselho de Ministros - e que surgiu na sequência do caso Galp -, António Costa disse que "visa precisamente regular situações de dúvida sobre qual o comportamento adequado".

"O objetivo é que não exista uma avaliação subjetiva no exercício de funções de cada um", acrescentou.

António Costa foi ainda confrontado com o teor de uma entrevista que o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, deu na quarta-feira, à SIC, na qual terá admitido um aumento dos impostos para os contribuintes dos escalões de rendimentos mais elevados.

"Não vou comentar uma entrevista que não vi", reagiu António Costa.

Lusa

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23

    Mundo

    Cerca de 1.4 milhões de crianças estão em risco iminente de morrer à fome. Deste modo, a UNICEF faz um apelo urgente de cerca de 230 milhões de euros para levar nos próximos meses comida, água e serviços médicos a estas crianças. As imagens desta reportagem podem impressionar os espectadores mais sensíveis.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35
  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32
  • Homem que esfaqueou mulher em Esmoriz é acusado de homicídio qualificado
    1:24

    País

    O homem que no sábado esfaqueou a mulher em Esmoriz está acusado de homicídio qualificado. O arguido de 50 anos foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de instrução e ficou em prisão preventiva, uma medida fundamentada pelo perigo de fuga e de alarme. O homem remeteu-se ao silêncio durante o interrogatório, no Tribunal de Aveiro.

  • Homem condenado a oito anos e meio por abuso sexual da mãe
    1:10

    País

    O Tribunal de Coimbra condenou esta segunda-feira um homem de 53 anos a oito anos e meio de prisão por abuso sexual da mãe e ainda por crimes de roubo e coação. A mãe, de 70 anos, sofria de problemas nervosos e consumia bebidas alcoólicas com frequência, tendo sido vítima de abuso sexual por parte do filho enquanto dormia. Os crimes cometidos remetem para o início de 2016, depois do homem já ter cumprido outras penas de prisão em Espanha.

  • Jovem de 21 anos morre colhida por comboio na linha da Beira Baixa
    0:43

    País

    Uma jovem de 21 anos morreu esta segunda-feira ao ser atropelada pelo comboio Intercidades à saída da estação de Castelo Branco, na linha da Beira Baixa. A vítima foi colhida pelo comboio que seguia no sentido Lisboa-Covilhã ao atravessar a linha de caminho de ferro. Este é um local onde não existe passagem de nível, mas habitualmente muitas pessoas arriscam fazer a travessia da linha.

  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.