sicnot

Perfil

Caso das Viagens

Caso das Viagens

Caso das Viagens

Costa manifesta confiança política nos secretários de Estado do "caso Galp"

SEBASTI\303\203O MOREIRA

O primeiro-ministro manifestou esta quinta-feira confiança política nos três secretários de Estado que viajaram pagos pela Galp para assistir a jogos de futebol de Portugal e recusou-se a comentar a entrevista do ministro da Economia à SIC.

António Costa foi confrontado com este tema pelos jornalistas no final de uma vista que efetuou à aldeia olímpica, onde se encontrou com diversos atletas portugueses que participam nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro.

Interrogado se os membros do seu executivo envolvidos no caso das viagens pagas pela Galp a jogos de Portugal no Europeu de futebol realizado em França poderão continuar no Governo na sequência da aprovação em Conselho de Ministros de um código de conduta, António Costa salientou a sua confiança política nos secretários de Estado dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade, da Indústria, João Vasconcelos, e da Internacionalização, Jorge Oliveira.

"Quanto ao exercício de funções dos três secretários de Estado, não há a menor das dúvidas. Quer o primeiro-ministro, quer os respetivos ministros, manifestaram total confiança política nesses três secretários de Estado que estão a desenvolver um excelente trabalho e que vão continuar a desenvolver um excelente trabalho", respondeu António Costa.

Hoje, o Conselho de Ministros aprovou um código de conduta do Governo, um instrumento que se pretende de autorregulação de natureza ética, cuja responsabilização é política, que vincula membros do executivo, dos gabinetes e indiretamente dirigentes superiores da Administração Pública.

Questionado sobre os objetivos do código de conduta hoje aprovado em Conselho de Ministros - e que surgiu na sequência do caso Galp -, António Costa disse que "visa precisamente regular situações de dúvida sobre qual o comportamento adequado".

"O objetivo é que não exista uma avaliação subjetiva no exercício de funções de cada um", acrescentou.

António Costa foi ainda confrontado com o teor de uma entrevista que o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, deu na quarta-feira, à SIC, na qual terá admitido um aumento dos impostos para os contribuintes dos escalões de rendimentos mais elevados.

"Não vou comentar uma entrevista que não vi", reagiu António Costa.

Lusa

  • "O primeiro-ministro resolveu destrunfar pondo-se aos gritos contra a Altice"
    1:19

    País

    António Lobo Xavier considera que o primeiro-ministro fez declarações públicas de julgamento e interferência no mercado quando falou sobre a Altice. Para o comentador da Quadratura do Círculo, António Costa receou que o processo fosse parecido à alegada tentativa de instrumentalização da TVI por José Sócrates.

  • Hoje, o Primeiro Jornal esteve em Leiria
    1:13
  • Nova tecnologia provoca a queda de drones
    1:39

    País

    Um dia depois da divulgação das medidas de identificação e da obrigatoriedade de seguro para os drones, sabe-se agora que vem aí uma tecnologia para a deteção de drones e respetivos operadores, com capacidade para neutralizar os aparelhos. O início dos testes está previsto para o final do mês, na altura em que a nova legislação será publicada. 

  • "Estamos a perder tempo adiando a descentralização"
    1:29
  • Fãs choram morte de Chester Bennington
    2:12
  • Bigode de Salvador Dalí está intacto, às "10 para as 10"

    Cultura

    O corpo do pintor surrealista catalão foi ontem exumado no Teatro-Museo de Figueres, por ordem de um tribunal de Madrid, para um exame de determinação de paternidade de Pilar Abel, que alega ser filha do artista. O pintor que morreu há 28 anos foi embalsamado e mumificado pelo que o corpo continua preservado e o famoso bigode levantado.

  • Alunos de medicina fazem rastreios porta-a-porta em Belmonte
    2:18

    País

    Cerca de 60 estudantes de vários pontos do país estão em Belmonte, onde vão realizar várias atividades ligadas à saúde durante quatro dias. A SIC acompanhou esta sexta-feira o trabalho na aldeia de Colmeal da Torre. Os alunos fazem rastreios à glicemia, medição da tensão arterial e avaliação da percentagem de gordura corporal; e o objetivo é sensibilizar a população para a importância de hábitos e estilos de vida saudáveis.