sicnot

Perfil

Caso das Viagens

Caso das Viagens

Caso das Viagens

Costa manifesta confiança política nos secretários de Estado do "caso Galp"

SEBASTI\303\203O MOREIRA

O primeiro-ministro manifestou esta quinta-feira confiança política nos três secretários de Estado que viajaram pagos pela Galp para assistir a jogos de futebol de Portugal e recusou-se a comentar a entrevista do ministro da Economia à SIC.

António Costa foi confrontado com este tema pelos jornalistas no final de uma vista que efetuou à aldeia olímpica, onde se encontrou com diversos atletas portugueses que participam nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro.

Interrogado se os membros do seu executivo envolvidos no caso das viagens pagas pela Galp a jogos de Portugal no Europeu de futebol realizado em França poderão continuar no Governo na sequência da aprovação em Conselho de Ministros de um código de conduta, António Costa salientou a sua confiança política nos secretários de Estado dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade, da Indústria, João Vasconcelos, e da Internacionalização, Jorge Oliveira.

"Quanto ao exercício de funções dos três secretários de Estado, não há a menor das dúvidas. Quer o primeiro-ministro, quer os respetivos ministros, manifestaram total confiança política nesses três secretários de Estado que estão a desenvolver um excelente trabalho e que vão continuar a desenvolver um excelente trabalho", respondeu António Costa.

Hoje, o Conselho de Ministros aprovou um código de conduta do Governo, um instrumento que se pretende de autorregulação de natureza ética, cuja responsabilização é política, que vincula membros do executivo, dos gabinetes e indiretamente dirigentes superiores da Administração Pública.

Questionado sobre os objetivos do código de conduta hoje aprovado em Conselho de Ministros - e que surgiu na sequência do caso Galp -, António Costa disse que "visa precisamente regular situações de dúvida sobre qual o comportamento adequado".

"O objetivo é que não exista uma avaliação subjetiva no exercício de funções de cada um", acrescentou.

António Costa foi ainda confrontado com o teor de uma entrevista que o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, deu na quarta-feira, à SIC, na qual terá admitido um aumento dos impostos para os contribuintes dos escalões de rendimentos mais elevados.

"Não vou comentar uma entrevista que não vi", reagiu António Costa.

Lusa

  • IPSS no Seixal alvo de processo e auditoria financeira
    1:47

    País

    A Segurança Social está fazer mais uma inspeção total a uma IPSS, agora na Associação Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos do Seixal. A fiscalização já recolheu documentação e está agora a passar a pente fino as contas, os serviços e todos os procedimentos da Instituição.

    Investigação SIC - Hoje no Jornal da Noite

    SIC

  • "Vai custar muito a voltarmos à realidade"
    2:22
  • Quando o frio até as pestanas congela

    Mundo

    Os termómetros desceram até aos - 67º Celsius em Yakutia, 5.300 quilómetros a Este de Moscovo, na Rússia. Nesta região, os estudantes estão habituados a manter as rotinas, mesmo quando as valores chegam aos - 40º Celsius, mas esta terça-feira as autoridades encerraram escolas e aconselharam a população a ficar em casa, longe do frio que até as pestanas congela.

    SIC

  • Quase 600 pedidos de nulidade de casamentos católicos em três anos
    1:38

    País

    Entre 2015 e 2017, 575 casais portugueses pediram a anulação do casamento católico. O ano passado o número de pedidos duplicou em relação a 2015. Desde esse ano, e por decisão do Papa Francisco, que os pedidos de nulidade do casamento pela Igreja são mais simples, mais baratos e mais rápidos.

  • "É preciso namorar bem para que o namoro dê certo"
    2:31

    País

    Rui Rio diz que a decisão sobre o futuro da liderança da bancada parlamentar do PSD só será tomada depois de falar com Pedro Passos Coelho e com Hugo Soares. Em entrevista à RTP, a primeira depois de vencer as diretas, o Rui Rio lembrou esta terça-feira que Passos Coelho ainda é líder do partido.

  • Deputado dorme no Parlamento britânico
    0:58