sicnot

Perfil

Caso das Viagens

Polémica das viagens pagas pela Galp começou há um ano

Polémica das viagens pagas pela Galp começou há um ano

O escândalo das viagens dos governantes ao europeu de futebol, em França, pagas pela Galp, rebentou em agosto de 2016. Quase um ano depois três secretários de Estado vão ser constituídos arguidos.

  • "Como é que esta investigação demora um ano?"
    0:50

    Caso das Viagens

    Durante o comentário de segunda-feira, no Jornal da Noite, Miguel Sousa Tavares questionou como é que a investigação ao caso das viagens pagas pela Galp demorou um ano. O comentador da SIC critica o Ministério Público pela demora, dizendo que se fosse para arquivar demoraria apenas um dia, e se não, seria um mês. Isto porque os factos eram "públicos, notórios e confessados pelos próprios", ou seja, "não havia nada a apurar em matéria factual".

  • Sindicato considera atuação de Rocha Andrade "corajosa"
    2:28

    Caso das Viagens

    Fernando Rocha Andrade foi o principal rosto da polémica das viagens pagas pela Galp. O secretário de Estado era responsável pelos assuntos fiscais e mesmo assim aceitou o convite de uma empresa que mantinha um contencioso com o Estado na ordem dos 100 milhões de euros. Rocha Andrade ainda se manteve no cargo durante um ano, mas impedido de decidir matérias relacionadas com a Galp. Os sindicatos elogiaram a portura do secretário de Estado e consideraram a sua atuação "corajosa".

  • João Vasconcelos estava a preparar a Web Summit
    1:36

    Caso das Viagens

    Três secretários de Estado apresentaram no domingo um pedido de exoneração, aceite pelo primeiro-ministro esta segunda-feira. Um deles é João Vasconcelos, considerado um empreendedor no Governo, o secretário de Estado da Indústria foi impulsionador da indústria 4.0 e atualmente estava a preparar a próxima edição da Web Summit, em Lisboa.

  • Encontrados destroços do avião que caiu no Irão

    Mundo

    As autoridades iranianas encontraram destroços do avião que caiu no domingo no sudeste do país, matando as 66 pessoas que seguiam a bordo, revelou um porta-voz da Guarda Revolucionária, o exército de elite do regime.

  • 2,6 milhões de bebés morrem antes de completar um mês

    Mundo

    Os recém-nascidos no Paquistão, República Centro-Africana e Afeganistão são os que têm menor probabilidade de sobreviver, de acordo com um relatório da Unicef que revela que todos os anos 2,6 milhões de crianças morrem antes de completar um mês. Sobretudo nos países mais pobres do mundo, o número de mortes de recém-nascidos a nível global mantém-se assustadoramente elevado.

  • Galp regista lucro de 602 M€ em 2017 

    Economia

    A Galp registou um lucro de 602 milhões de euros no ano passado. Uma subida de 25 por cento em relação a 2016. De acordo com a empresa, os resultados devem-se sobretudo ao aumento da produção de petróleo e gás natural no Brasil, bem como o crescimento dos negócios da refinação e distribuição.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC