sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Capitão de embarcação naufragada também é acusado de sequestro

O Ministério Público de Catânia, Sicília, juntou hoje o delito de "sequestro de pessoas" às acusações contra o capitão da embarcação que naufragou no domingo ao largo da Líbia, com base nos testemunhos sobre passageiros trancados nos porões. Mohamed Ali Malek, 27 anos, já tinha sido acusado de naufrágio involuntário, homicídios involuntários múltiplos e favorecimento da imigração ilegal.

© Alessandro Bianchi / Reuters

O Ministério Público informou hoje que, segundo testemunhos de sobreviventes, os passageiros "que estavam no porão estavam fechados (...) e as portas estavam trancadas".

"Consequentemente, o capitão, Mohammed Ali Malek, é também acusado de sequestro de pessoas, com a circunstância agravante da presença de menores".

O Ministério Público de Catânia considerou Malek como principal responsável pelo acidente, ocorrido no domingo a 60 milhas (110 Km) da costa líbia. 

O tunisino deverá ser formalmente acusado por um juiz de instrução na sexta-feira.

Malek e outro tripulante, o sírio Mahmud Bikhit, estão entre os 28 sobreviventes do naufrágio, que chegaram na terça-feira à Sicília.


Lusa
  • Capitão da embarcação que naufragou domingo acusado de homicídio voluntário

    Crise Migratória na Europa

    O capitão tunisino da embarcação que naufragou domingo no Mediterrâneo foi acusado de homicídio voluntário, avançaram as autoridades italianas. Um outro elemento da tripulação, um cidadão sírio que também sobreviveu ao naufrágio, foi acusado de auxílio à imigração ilegal. As autoridades italianas referiram que o pior desastre com migrantes no Mediterrâneo, que causou 800 mortos, se deveu a erros do capitão e à sobrelotação da embarcação. 

  • A menina síria que relata a guerra no Twitter está bem, diz o pai

    Mundo

    Bana Alabed, a menina síria de 7 anos que conta no Twitter a luta pela sobrevivência e os horrores da guerra em Alepo, teve de abandonar a sua casa que foi bombardeada mas está bem, disse hoje o seu pai à Agência France Press. A conta esteve fechada desde domingo, mas foi entretanto reativada e tem hoje uma nova publicação de Bana.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.